in

INIBIDORES DA BOMBA DE PRÓTONS PODEM ACARRETAR PROBLEMAS A CÃES E GATOS

Na literatura, há controvérsia em relação à utilização desse medicamento

Na literatura, há controvérsia em relação à utilização desse medicamento

Várias notícias foram divulgadas, recentemende, sobre os efeitos colaterais e complicações do uso prolongado dos inibidores da bomba de prótons (IBPs) em tratamento ou internações, cuja classe farmacêutica fazem parte o omeprazol, esomeprazol, lansoprazol, pantoprazol, rabeprazol e dexlansoprazol. 

Isso acabou refletindo no dia a dia dos profissionais da saúde que prescrevem este medicamento. Por isso, a revista Cães&Gatos VET FOOD foi atrás para descobrir se as mesmas preocupações existem também no uso para cães e gatos em tratamento de rotina, internação ou intensivismo. 

O ponto de partida para a realização das entrevistas foi o recente estudo, publicado em 2015, “Uso apropriado de inibidores da bomba de prótons entre os pacientes internados”, na qual você pode ter acesso ao lado. 

Clique aqui e leia a reportagem completa na edição de fevereiro da C&G VF. 

prazois

Reportagem de capa está disponível na edição nº 210 da C&G VF, em revistacaesegatos.com.br

Fonte: Redação Cães&Gatos VET FOOD.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

PETSHOP INAUGURA LOJA COM ÁREA DE CONVIVÊNCIA PARA PETS E SEUS DONOS

CBNA PET ESTÁ NA FASE FINAL PARA O RECEBIMENTO DE TRABALHOS CIENTÍFICOS