in

INVESTIGADOR DENUNCIA LABORATÓRIO ALEMÃO POR MAUS TRATOS A ANIMAIS

Agente da ONG Soko Tierschutz detalhou testes feitos para indústrias

Agente da ONG Soko Tierschutz detalhou testes feitos para indústrias

Após ter passado quatro meses trabalhando dentro do Laboratório de Farmacologia e Toxicologia, localizado em Hamburgo, na Alemanha, um investigador à paisana da ONG alemã Soko Tierschutz, em parceria com a ONG inglesa Cruelty Free International, divulgou imagens provando que o laboratório mantém práticas de maus tratos contra os animais usados em testes para as indústrias farmacêutica, industrial e agroquímica.

 De acordo com a chefe executiva da ONG inglesa, Michelle Thew, a investigação revelou animais sofrendo maus tratos e atos que vão contra as legislações europeias e alemãs. “Queremos que o LPT feche. Também vamos pedir uma revisão sobre o uso de animais para testes de toxicidade na Europa, incluindo no Reino Unido. Cada investigação, sem exceção, mostra um conto similar de desrespeito à lei”, afirmou.

 Nas imagens divulgadas e feitas pela Soko, alguns macacos pareciam estar sozinhos em jaulas de metal que mediam menos de um metro cúbico, onde os animais andavam em círculos, o que indica altos níveis de estresse. Por lá tambem haviam cães,  registrados em cima de manchas que pareciam ser do seu próprio sangue e fezes.

Fonte: Veja, adaptado pela equipe Cães&Gatos VET FOOD.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

VETERINÁRIA ESCLARECE INFECÇÃO URINÁRIA RECIDIVANTE EM GATOS

PROGRAMA AMIGO PET DEBATERÁ TIPOS DE CÂNCERES EM ANIMAIS DE COMPANHIA