in

MAIS DE 200 ESPÉCIES DE PEIXES PODEM DESAPARECER DO BRASIL

Muitas delas estão perdendo seu espaço natural por conta da ação dos homens

Sucesso de bilheteria neste ano, o filme “Procurando Dory” despertou grande preocupação entre ambientalistas do mundo todo. O medo é de que o carisma do peixe protagonista despertasse uma enorme procura por sua espécie (cirurgião-patela), colocando sua existência em risco. Em 2003, de acordo com uma ONG australiana, esse fenômeno ocorreu com o peixe-palhaço, espécie do peixe Nemo, personagem do filme da mesma franquia.

O assunto, porém, deve servir para chamar atenção para um problema ainda maior, na opinião do biólogo membro do Conselho Regional de Biologia 1ª Região (CRBio, SP, MT e MS), João Alberto dos Santos. “Hoje, só no Brasil, existe uma lista com, aproximadamente, 240 espécies de peixes ameaçados de extinção. Acredita-se que desse total, 40 estão correndo sérios riscos de desaparecem de vez, se nada for feito para reverter esse quadro. É importante que haja mais consciência ambiental e maior rigor na fiscalização”, alerta.

Além da pesca ilegal para consumo humano, considerando que, para determinadas espécies, há épocas em que a prática é proibida, tem-se também o sério problema da perda de habitat. Segundo o profissional, muitas espécies estão perdendo seu espaço natural por conta da ação dos homens, como o de construção de imóveis e também de rodovias, por exemplo. “Principalmente em regiões como a Mata Atlântica e Estados litorâneos. Ações totalmente prejudiciais, que causam grande impacto a todo o ecossistema”, completa.

De acordo com uma lista divulgada em 2015, pelo Ministério do Meio Ambiente (MMA, Brasília/DF), entre as espécies de peixes e invertebrados ameaçadas de extinção, classificadas na categoria Criticamente em Perigo (CR) estão: cação-azeiteiro (Carcharhinus potosus), cação-mangona (Carcharias taurus), guaiamum (Cardisoma guanhumi), mero (Epinephelus itajara), cherne-poveiro (Polyprion americanos), tubarão-martelo-recortado (Sphyrna lewini) e tubarão-martelo (Sphyrna tiburo).

Fonte: AI, adaptado pela equipe Cães&Gatos VET FOOD.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CÃES DEVEM APRESENTAR DISCIPLINA DURANTE TREINAMENTO PARA TORNAREM-SE POLICIAIS

CUIDADO COM A ALIMENTAÇÃO DE ANIMAIS INTERNADOS DEVE SER REDOBRADO