Cães e gatos logo

Buscar na cães e gatos

Pesquisar
Close this search box.
- PUBLICIDADE -
Clínica e Nutrição

Médica-veterinária fala sobre o uso dos ômegas nos tratamentos oftalmológicos

Por Equipe Cães&Gatos
olho
Por Equipe Cães&Gatos

Eles são ácidos graxos essenciais que desempenham importante função para a manutenção do organismo de um indivíduo, seja ele animal ou humano. Auxiliam na diminuição de inflamações, ajudam a combater a depressão, previne doenças autoimunes, entre outros benefícios e, na Medicina Veterinária, têm sido muito utilizados na Oftalmologia. Estamos falando dos ômegas.

A médica-veterinária responsável pelo Serviço de Oftalmologia do Inova Hospital Veterinário (Sorocaba/SP), Cristiane Estanislau, revela que os ômegas têm sido estudados como uma forma de terapia para diversas afecções em humanos. “O objetivo da suplementação é atuar na prevenção, controle e tratamento de diversas patologias. Como já mencionado, possuem ação anti-inflamatória, imunomoduladora e favorecem a proteção celular e tecidual”, conta.

O pet que possui alterações, como dermatopatias, cardiopatias, nefropatias, osteoporose ou osteoartrite, hiperlipidemia, processos oncológicos e alterações oftalmológicas podem ter benefícios com o tratamento dos ômegas. “Na Oftalmologia Veterinária são preconizados os ômegas 3 e 6, associados ou não a outras substâncias, como vitamina E. A principal alteração oftalmológica que tem benefício com a sua suplementação é a ceratoconjuntivite seca, uma doença que altera o filme lacrimal, causando baixa produção ou evaporação em excesso. A alteração do filme lacrimal leva à inflamação dos olhos, associada ao excesso de secreção”, explica.

Segundo a médica-veterinária, a presença de ômega 3 e 6 na dieta dos animais de companhia promove um efeito anti-inflamatório e imunomodulador do sistema ocular, alcançando maior qualidade da superfície ocular. “Ou seja, mesmo não levando a um aumento direto da produção de lágrima, promove uma superfície ocular mais saudável e menos inflamada, diminuindo o desconforto ocular do pet”, discorre.

Clique aqui e leia a reportagem completa, gratuitamente, em nossa revista on-line!

(Foto: C&G VF)

Fonte: Redação Cães&Gatos VET FOOD.

LEIA TAMBÉM:

Veterinária explica o que os gatos buscam com a “bagunça” durante a madrugada

Com previsão de alta de 20% nas exportações em 2022, evento discute setor pet brasileiro

Em expansão, grupo Pet Care inaugura novas instalações do Hospital Veterinário Animália

Compartilhe este artigo agora no