in

MIRTAZAPINA AUXILIA NO TRATAMENTO DE DOENÇAS COMO A ANOREXIA FELINA

Sedação, tontura e vocalização são os possíveis efeitos colaterais

A anorexia felina é considerada uma das principais queixas dos tutores na rotina clínica dos médicos-veterinários. Por conta disso, a C&G VF conversou com o médico-veterinário da Clínica VETmasters e 4cats Hospital,  – ambas instituições sediadas em São Paulo (SP) – Pedro Horta, sobre o uso da mirtazapina, considerado o melhor orexígeno (estimulante de apetite) para gatos, que, devido a diversas enfermidades, param de comer.

A indicação da mirtazapina é para qualquer condição na qual o animal não esteja se alimentando corretamente e precise de um estímulo químico para comer melhor. Segundo o profissional, trata-se de um medicamento bem tolerado e com poucos efeitos colaterais. “O metabolismo é hepático e a eliminação renal. Não é contraindicada para pacientes com hepatopatias ou nefropatas, mas é preciso alguns cuidados nesses casos, como utilizar doses corretas”, alerta Horta.

Leia a reportagem completa na edição de julho da C&G VF. Clique aqui

extra bula

Reportagem está disponível na edição nº 215 da C&G, em revistacaesegatos.com.br

Fonte: Redação Cães&Gatos VET FOOD.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

RECIFE (PE) CONFIRMA MORTE POR RAIVA HUMANA APÓS 19 ANOS SEM NOVOS CASOS

INTERNET PODE SER O TERMÔMETRO QUE MEDE AS NECESSIDADES DE CLIENTES