in

NEOVIA AVANÇA EM NEGOCIAÇÃO PARA ADQUIRIR NUTRIZON

Empresa da região Norte do País atua em aquacultura, pet food e ruminantes

A Neovia (antes InVivo NSA, Paulínia/SP) aguarda a aprovação prévia pelas autoridades brasileiras para uma nova aquisição: Nutrizon (Rolim de Moura/RO). Em caso conclusivo, a ação representa para a Neovia fortalecimento na posição de mercados como aquacultura, pet food e ruminantes, além da condição de exportação para países como Peru, Bolívia, Equador e outros, graças à proximidade de suas instalações às principais rodovias e rotas fluviais da Região.

“A Nutrizon é uma empresa em expansão implantada em um Estado com forte potencial que reforçará a posição da Neovia e sua cobertura geográfica no Brasil”, define o diretor Presidente da Neovia para a América do Sul, Nilton Perez, e insere que as novas áreas no Norte do Brasil possuem forte potencial para produção de aquacultura e ruminantes. “Somos o primeiro grande grupo global que investe nesta importante e extremamente promissora região do Brasil”, declara. Em entrevista exclusiva ao Valor, o CEO Global Neovia, Hubert de Roquefeuil, adiciona que a competência da Nutrizon completará o know-how das operações em aquacultura da Neovia em âmbito mundial pelo grande conhecimento que possui em espécies nativas tropicais, como Tambaqui e Pirarucu, reforçando assim a oferta de produtos e serviços técnicos dentro de um contexto de rápida aceleração da demanda na América do Sul.

Para o diretor Geral da Nutrizon, Savio Franzner, a Neovia é a empresa que possui posição de destaque em nutrição animal no Brasil e mais amplamente na América Latina. “Esta aproximação permitirá acelerar o desenvolvimento da Nutrizon e fará a empresa se beneficiar das importantes sinergias e competências de um grupo mundial”, declara.

A decisão desta movimentação faz parte do escopo da nova era vivida pela companhia, a qual é estruturada por uma matriz composta por sete divisões de negócios (alimentos completos, aquacultura, petcare, premix, saúde animal, aditivos e análises laboratoriais), atuação multi-geográfica e com soluções para todas as espécies animais, conforme descreve o CEO Global. “Esta nova era da companhia ilustra a grande vontade da Neovia de conhecer e entender cada vez mais os desafios do amanhã, bem como estruturar soluções para todo o ambiente de nutrição e saúde animal, segurança e rastreabilidade alimentar e uso racional dos recursos naturais”, alinha e como exemplo cita os investimentos recentes do grupo para suportar este novo direcionamento, entre eles: a We’Nov, uma incubadora de inovação (conceito totalmente único neste setor); a Neovia Venture – fundo de investimentos em startups para inovações que suportem e diferenciem a companhia; e a Fazenda do Futuro (connected farm), uma fazenda totalmente conectada que visa proporcionar maiores controles, entendimentos e visualizações do futuro da agricultura e da produção animal. “Estrutura-se assim um novo DNA, uma nova cultura e uma nova visão de longo prazo com investimentos em grandes áreas emergentes em diversas partes do mundo, em especial Brasil, África e América Latina”, reforça Roquefeuil.

No que tange as operações em solo nacional, o CEO Global destaca que o Brasil pode ser responsável por 20% da alimentação mundial. “No longo prazo acreditamos no potencial brasileiro e isso não é discurso. Basta avaliar os avanços que demos nos últimos cinco anos. Ao redor do mundo foram 46 grandes acordos e no Brasil, neste mesmo período, a aquisição da Nutrizon é o nosso sexto investimento em território nacional, o que demonstra nosso dinamismo e avanços”.

“Seja em dias bons ou ruins, a Neovia acredita e investe no Brasil”, encerra Nilton Perez.

Fonte: Arthur Ribeiro, adaptado pela equipe Cães&Gatos VET FOOD.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

BETA-GLUCANOS PODEM SER USADOS EM TRATAMENTOS DE DOENÇAS COMO DIABETES EM CÃES

DOENÇA HEPÁTICA PODE ACOMETER CÃES COM IDADE MÉDIA DE QUATRO A SETE ANOS