in

Novas empresas entram no mercado pet para aproveitar onda de oportunidades

A companhia Alivira Saúde Animal inicia suas atividades com objetivo estar entre os melhores, no prazo de cinco anos

O mercado pet aquecido tem aberto muitas portas, algumas empresas estão aproveitando a oportunidade e ampliando seus serviços. Exemplo disso tem sido a Alivira Saúde Animal que dá início às suas atividades com intuito de nos próximos cinco anos, se tornar uma das principais empresas farmacêuticas do mundo pet.

A companhia observou o movimento positivo do setor e resolveu apostar, tendo em vista que médicos-veterinários e zootecnistas são profissionais de alta procura. 

O CEO para Brasil e América Latina da Alivira, José Nunes Filho, fala sobre as expectativas da empresa para esse momento: “O mercado pet é o que mais cresce na área veterinária. Se formos analisar, os mercados de suíno, bovino e aves estão estacionados no desenvolvimento de produtos veterinários. De 2018 para 2019, o setor de animais de companhia cresceu 18%, bem acima da média do mercado; e estou me referindo apenas ao que diz respeito à área farmacêutica”, afirma. 

O gestor conta que a empresa também trabalha no mercado de aves e suínos, mas, com a entrada do negócio pet, a instituição pretende diversificar o portfólio e dar mais equilíbrio e sustentabilidade para a corporação.

Nunes revela, ainda, que a ideia é complementar a saúde dos cães, gatos e demais pets via nutrição. “São vários produtos baseados em nutrição funcional. Não são produtos curativos terapêuticos, são produtos que melhorarão a qualidade de vida e a saúde dos animais e auxiliarão no tratamento de doença”, explica.

Segundo o diretor de P&D da Alivira Saúde Animal, Geraldo José Arantes, a empresa busca desenvolver um dos maiores players do mercado pet nacional, introduzindo produtos inovadores, sempre colocando em primeiro lugar a excelência na qualidade de seus serviços, bem como, focar na farmácia galênica (desenvolvimento de formas farmacêuticas eficazes e seguras para o animal e o administrador do produto).

Clique aqui para ler a matéria completa, na edição de fevereiro da C&G VF.

Fonte: Redação Cães&Gatos VET FOOD.

(Foto: C&G VF)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

doença do carrapato

Médica-veterinária da Syntec Brasil fala sobre complicações da doença do carrapato

padaria pet sorocaba

Cidade do interior de São Paulo recebe padaria voltada ao mercado Pet