in

OTITE É UMA CAUSA RECORRENTE NOS CONSULTÓRIOS VETERINÁRIOS

Linha Aurivet, da Vetnil, auxilia limpeza do conduto auditivo

Coceiras em excesso na região das orelhas, esfregar o focinho no chão, balançar a cabeça com muita frequência, cheiro diferente do pavilhão auricular, acompanhada de secreção e espirros constantes podem ser sinais de inflamação no conduto auditivo do pet, tecnicamente conhecida como otite. 

A otite é uma causa comum de consulta aos consultórios veterinários. Um exame clínico, ao aparecimento dos primeiros sinais citados, é ideal para que a doença seja diagnosticada e tratada de forma correta. A higienização incorreta ou pelo uso de produtos inadequados, acúmulo de água após banho, umidade e temperaturas elevadas do ambiente, traumas e até mesmo em consequência de agentes como ácaros, fungos e bactérias são alguns procedimentos inadequados que levam ao processo inflamatório da orelha interna e externa. 

cao cocker

Cocker Spaniel, Cocker Americano, Basset Hounde Golden Retriever têm maior predisposiçãoà doença (Foto: reprodução)

Sabe-se que algumas raças de cães, principalmente com orelhas pêndulas, como Cocker Spaniel, Cocker Americano, Basset Hound e Golden Retriever têm maior predisposição à ocorrência de otites. Quanto aos gatos, a raça Persa tem maior propensão a essas inflamações.  

Para a médica-veterinária e gerente de Marketing da Vetnil, Fernanda Marques, é importante o tutor estar sempre atento. “Coçar a região das orelhas com as patas traseiras ou raspá-las no chão e paredes, sacudir com frequência a cabeça ou mantê-la inclinada para o lado inflamado mostra que o animal pode estar com otite unilateral. Outro sintoma é o excesso de secreção e mau odor na região. Nos casos mais graves, a doença ainda pode levar o animal a apresentar desequilíbrio, caindo facilmente e a andar em círculos, voltado para o lado alterado”, complementa. 

Fernanda afirma que algumas atitudes simples podem evitar e amenizar casos de otite, como reforçar a limpeza do canal auditivo externo e do pavilhão auricular, utilizando algodão umedecido com uma solução apropriada para a limpeza da orelha de cães e gatos. “Os cães possuem um mecanismo autolimpante muito eficiente dos condutos auditivos. O uso de cotonetes ou pinças com algodão devem ser evitados e a limpeza deve ser feita somente com solução ceruminolítica apropriada”, afirma a médica veterinária da Vetnil. 

O produto Aurivet Clean, da Vetnil, é indicado para a higienização do pavilhão auricular e do conduto auditivo (orelha externa) de cães e gatos, principalmente nos casos de acúmulo de cerúmen e presença de mau odor. O produto está disponível em frascos contendo 120 ml e agora também 50 ml, ideal para animais menores e uso  por tratamento, evitando desperdício. Já o Aurivet é uma suspensão otológica, antibiótica, antimicótica, anti-inflamatória e analgésica indicada para o tratamento de otites fúngicas e bacterianas em cães e gatos. O medicamento está disponível em bisnagas contendo 13 g.

aurivet

Aurivet Clean é indicado para a higienização do pavilhão auriculare do conduto auditivo (Foto: divulgação)

Fonte: AI, adaptado pela equipe Cães&Gatos VET FOOD.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

OPTIMUM CONSOLIDA EMPRESA MARS NA CATEGORIA DE ALIMENTOS ÚMIDOS

PROFISSIONAL DESTACA A IMPORTÂNCIA DA PREVENÇÃO DA LEISHMANIOSE