in

OUROFINO PREMIA TRABALHOS DE ALUNOS DE VETERINÁRIA NA 9ª EDIÇÃO DO PIAC

Programa de Incentivo ao Aperfeiçoamento Clínico celebra cases de 2017

Programa de Incentivo ao Aperfeiçoamento Clínico celebra cases de 2017

A parceria entre a Ourofino Saúde Animal (Cravinhos/SP) e as instituições de ensino de Medicina Veterinária permanece forte visando bons resultados para o setor pet. Por meio do Programa de Incentivo ao Aperfeiçoamento Clínico (PIAC), realizado pela empresa desde 2008 para estimular a pesquisa voltada a casos clínicos da rotina de atendimentos de animais de companhia, alunos e residentes de cursos superiores colocam em prática todo o conhecimento e provam o sucesso de seus relatos. E o reconhecimento das técnicas será mais uma vez celebrado durante a premiação da 9ª edição, que ocorre no dia 07 de março. 

Os dois estudantes vencedores, acompanhados de seus orientadores, realizarão uma visita à sede da Ourofino para conhecerem a estrutura e os processos de fabricação da companhia e receberem seus prêmios. “É um momento de comemoração e de aprendizado. Eles trocam ideias com os profissionais da empresa e entendem o fluxo e a responsabilidade do trabalho de uma indústria veterinária”, destaca a gerente Técnica da Linha Pet da empresa, Andrea Savioli. Os alunos ainda participam como representantes de suas universidades, que também são premiadas. 

piac_1

9º edição do PIAC recebeu, ao todo, 27 relatos de universidadesde diversos Estados brasileiros (Foto: divulgação)

O 1º lugar desta edição é da aluna Luana Afonso de Almeida, da Universidade Cruzeiro do Sul (Unicsul, São Paulo/SP), com o relato “Uso de Prediderm em dose anti-inflamatória no tratamento de gastrite linfoplasmocitária em cão”, sob a orientação do Prof. Eduardo Fernandes Bondan. Já a 2ª colocação foi conquistada por Roberto Cangussú, da Universidade Anhanguera (Campinas/SP), que, com o respaldo da Prof.ª Marta Maria C.P. Lupp, apostou no case de “Utilização do Sulfato de Condroitina e Glicosamina em cães com colapso de traqueia”. 

A 9º edição do PIAC recebeu, ao todo, 27 relatos de universidades de diversos Estados brasileiros. Na edição anterior, a primeira colocada foi Vanessa Grendel, da Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC-PR, Curitiba/PR), e a segunda foi Eluara Ortigoso Alvarenga, também da Unicsul, que definiram o PIAC como um estímulo ao conhecimento profissional. 

Fonte: AI, adaptado pela equipe Cães&Gatos VET FOOD.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

QUEM ESTÁ POR TRÁS DOS FLASHES PET DA NATIONAL GEOGRAPHIC?

DIAGNÓSTICO PRECOCE EM CASOS DE DRC É PRIMORDIAL PARA A SAÚDE DOS PETS