in

Parceria: CRMV-SP e CBVA lançam Código de Conduta do Anestesiologista Veterinário

Objetivo é contribuir com o estabelecimento de padrões para atuação na especialidade

Por meio de uma parceria inédita com o Colégio Brasileiro de Anestesiologia Veterinária (CBVA), o Conselho Regional de Medicina Veterinária do Estado de São Paulo (CRMV-SP) lança o primeiro código de conduta de uma especialidade veterinária. Trata-se de material orientativo que tem como objetivo contribuir com o estabelecimento de padrões para a atuação dos profissionais da área.

O documento foi escrito pelos médicos-veterinários Rosemary Viola Bosch, conselheira e presidente da Comissão de Responsabilidade Técnica (CRT) do Conselho; Silvia Regina Gaído Cortopassi, presidente do Colégio Brasileiro; e Francisco José Teixeira, vice-presidente do CBAV.

Os princípios apresentados no Código não são leis, mas referências de conduta que são esperadas dos profissionais que se dedicam à especialidade. “As informações são objetivas e de fácil compreensão, de forma que o anestesiologista veterinário saiba como se comportar perante o animal, o tutor e os demais colegas de trabalho”, afirma Rosemary.

Silvia Regina lembra que a elaboração do documento só foi possível após inúmeras reuniões e consultas realizadas junto aos profissionais dedicados a Anestesialogia Veterinária. “Buscamos atender aos anseios da comunidade profissional. A parceria entre o CBAV e o CRMV-SP vem para somar e dar maior visibilidade às inúmeras questões éticas relativas à prática da especialidade”, reforça a presidente do Colégio Brasileiro.

Documento é um material orientativo que está sendo entregue aos profissionais, mesmo durante o período da pandemia (Foto: divulgação)

Princípios éticos

Dentre as orientações disponíveis no documento, está a conduta do anestesiologista veterinário nas mídias sociais e outros meios de divulgação eletrônica e impressa. “Mais do que servir como guia, este código objetiva unir os bons profissionais dentro dos mais elevados princípios éticos que devem nortear a nossa profissão”, disse o médico-veterinário vice-presidente do CBAV, Francisco José Teixeira.

O presidente do Conselho na gestão 2021-2024, Mário Eduardo Pulga, lembra que o documento é mais um material orientativo que está sendo entregue aos profissionais mesmo durante o período da pandemia de Covid-19. “É parte integrante da estratégia de priorização de ações educativas de prevenção à ocorrência de infrações éticas. E fruto do trabalho incansável e do compromisso que temos com as boas práticas e o exercício profissional com ética”, encerra.

Fonte: AI, adaptado pela equipe Cães&Gatos VET FOOD.

LEIA TAMBÉM:

Um olho no gato, outro no sachê: entenda os benefícios da dieta úmida

Plenária aprova resolução sobre diretrizes da Lei de Proteção de Dados no Sistema CFMV/CMRVs

Além de moradores de rua, seus animais também recebem abrigos durante o inverno

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

programa Elanco para balconistas

Elanco lança programa especial direcionado aos balconistas do mercado pet

selo CRMV-PR

CRMV-PR recebe selo de participante do Programa Nacional de Prevenção à Corrupção