in

PESQUISA APONTA QUE 41% DOS TUTORES PRIORIZAM PETS NA ESCOLHA DO IMÓVEL

Condições do ambiente precisam ser confortáveis e seguras para os animais

Escolher um lugar para morar exige muita atenção, são diversos os detalhes que fazem o novo morador optar ou não pelo imóvel. Com o número crescente de pets, ter um lugar especial para o animal se tornou também uma exigência básica na hora dos tutores escolherem uma casa.

Isso é o que aponta uma pesquisa realizada nos meses de abril e maio deste ano pelo VivaReal (São Paulo/SP), onde foram entrevistados 4.192 residentes da capital paulista. Os resultados mostram que 41% das pessoas consideraram fundamental que os imóveis permitam os animais, 22% das pessoas ponderaram esta questão, mas, não a tem como obrigatória, e 37% são indiferentes a este caso.

cao_casa_reproducao_1

Metade dos paulistas colocam os animais deestimação como prioridade ao escolheremum imóvel (Foto: reprodução)

E o cenário não poderia ser outro, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE, Rio de Janeiro/RJ), 44,3% dos domicílios no País possuem pelo menos um cachorro. Os dados, que são de 2013, estimam uma média de 1,8 cães por casa, um total de 52,2 milhões de cães.

Já com os gatos o número é um pouco menor, os números apontam que 17,7% dos brasileiros possuem o felino como animal de estimação. O número representa 1,9 gato por domicílio, somando um total de 22,1 milhões de gatos.

A profissional do ramo de imóveis, que atua como gerente de Inteligência de Mercado do Grupo ZAP (São Paulo/SP), Cristiane Crisci, ressalta que a comodidade do animal no imóvel tem sido uma prioridade para muitos que procuram um imóvel. “A pesquisa mostrou que imóveis que permitam a criação de animais de estimação são valorizados pela maioria dos paulistanos, inclusive mais valorizados do que área de lazer e varanda”, afirma.

Fonte: Ric Mais, adaptado pela equipe Cães&Gatos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

BENEFÍCIOS TORNAM A RELAÇÃO ENTRE TUTORES E PET CADA VEZ MAIS PRÓXIMA

BRASILEIRO DESENVOLVE COLEIRA QUE ESTABILIZA TEMPERATURA DE CÃES