in

PESQUISA COMPROVA QUE PRODUTOS VETERINÁRIOS NÃO TÊM DESCARTE CORRETO

Situação apresenta inúmeros riscos para a Saúde Única

Uma pesquisa, divulgada esse ano pela Universidade Estadual do Oregon (Oregon/EUA), sobre o armazenamento e descarte de embalagens de produtos veterinários, como vacinas, medicamentos e cosméticos, mostrou que os profissionais da área, educadores ambientalistas e tutores de animais não se desfazem corretamente dos produtos. 

Realizado com 191 pessoas, sendo que, destas, 103 profissionais são veterinários e 88 educadores ambientais, tutores de, pelo menos, um animal, residentes em Washington, no Oregon e no sul da Califórnia, o estudo mostra que 46% dos entrevistados descartam produtos farmacêuticos para animais no lixo comum; os profissionais de cuidados veterinários aconselham os clientes com pouca frequência em relação às práticas de manejo ambiental dos produtos e 55% recomendam produtos mais favoráveis ao meio ambiente. 

De acordo com uma das profissionais responsáveis pela pesquisa, Jennifer Lam, o descarte é realizado incorretamente por falta de informação. “Acredito que isso ocorra devido à falta de consciência e conhecimento de opções de descarte ambientalmente corretas, como caixas de coleta seguras em comunidades”, comenta. 

Para ler outros detalhes do levantamento, acesse aqui a edição de julho da C&G VF. 

Fonte: Redação Cães&Gatos VET FOOD. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

EUTANÁSIA DE CÃES E GATOS É PROIBIDA NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO

NOVO GUIA COM ORIENTAÇÕES PARA ANESTESIA DE FELINOS É PUBLICADO