in

PESQUISA: PERMITIR PETS NOS ESCRITÓRIOS AJUDA A RETER E ATRAIR TALENTOS

Profissionais se preocupam com o fato de o animal estar sozinho em casa

Uma recente pesquisa conduzida pela OnePoll e encomendada pela Mars Petcare concluiu que muitas pessoas se sentiriam mais felizes e confiantes com a presença de seus pets no ambiente de trabalho. Os resultados mostraram que 59% dos entrevistados afirmaram que escolheriam uma empresa para trabalhar pelo fato dela possuir escritórios “pet friendly”, além de mais de 50% dos entrevistados relatarem que gostariam de ter a possibilidade de levar seus pets para o local de trabalho, afirmando que o fariam, pelo menos, uma vez na semana. 

Olhando para a perspectiva do empregador, que está sempre à procura de novos profissionais e, principalmente, busca manter os talentos em suas empresas, a pesquisa mostra que abrir os escritórios para a entrada de animais é uma solução para a rotatividade que muitas empresas enfrentam. Dos empregadores ouvidos, 87% dizem conseguir reter e atrair mais talentos por serem “pet friendly”. Isso porque, além de sanar uma crescente necessidade de grande parte dos profissionais de estarem mais próximos dos seus pets, isso ajuda a diminuir as preocupações com eles, quando são deixados em casa. 50% dos profissionais entrevistados relataram preocupar-se com o pet sozinho em casa enquanto trabalham e as principais preocupações concentram-se nas necessidades básicas: mais de 30% se preocupa com o fato de o pet precisar passear, enquanto 35% se preocupam com o fato dele estar com fome ou sede. 

Para aqueles que já são capazes de levar seu pet para o trabalho, mais de 40% relatam que aproveitam melhor o tempo ao lado do seu animal tendo-o ao seu lado. De acordo com estudos do Centro de Nutrição e Bem-Estar Animal Waltham, os animais de estimação não apenas fazem bem ao emocional dos humanos, mas, também, possibilitam uma interação social positiva nos lugares que estão presentes. Segundo esses estudos, os pets criam uma sensação de apoio social que é importante para a saúde do adulto, inclusive demonstrando resultados na redução dos níveis de estresse e na maior liberação de hormônios do “bem-estar”. 

A pesquisa aconteceu nos Estados Unidos, com uma amostra de mil profissionais e 2 mil empregadores. 

Fonte: AI, adaptado pela equipe Cães&Gatos VET FOOD.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

TUTORES DEVEM EVITAR COMETER ERROS COMUNS NO CUIDADO COM OS FELINOS

ESTUDO AVALIA SE CÃES PODEM DETECTAR CÂNCER EM OUTROS CÃES