in

Porquinhos-da-índia podem apresentar alterações gastrointestinais parasitárias

Falta de apetite e diarreia são os casos mais comuns entre a espécie

Muito se engana quem pensa que animais de pequeno porte não necessitam de grandes cuidados. Os porquinhos-da-índia, por exemplo, estão entre os animais silvestres mais adotados como pets, e podem apresentar alterações gastrointestinais parasitárias.

Como explica a médica-veterinária, especializada em Silvestres, do Centro Veterinário Queté (São Paulo/SP), Thalita Queté tais alterações podem ser constatadas com os seguintes sinais: “fezes amolecidas ou diarreia, falta de apetite, gases, dor abdominal e presença de larvas nas fezes”.

Segundo ela, os parasitas mais comuns a espécie são as coccidias, a giárdia, os dos gêneros strongylus e cestoides.  “Porquinhos-da-índia que apresentem falta de apetite e diarreia são os casos mais comuns, além da perda de peso evidente, que costuma ser progressiva”, ressalta a profissional.

Quer saber como tratar o problema? Leia a reportagem completa na edição de agosto. Clique aqui.

Fonte: Redação Cães&Gatos VET FOOD. 

LEIA TAMBÉM:

Um olho no gato, outro no sachê: entenda os benefícios da dieta úmida

Plenária aprova resolução sobre diretrizes da Lei de Proteção de Dados no Sistema CFMV/CMRVs

Além de moradores de rua, seus animais também recebem abrigos durante o inverno

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Número de gatos no Brasil cresce cerca de 3% ao ano e reforça debate sobre guarda responsável

dia do gato: pet gosta de companhias?

Dia do Gato: esse pet prefere viver sozinho ou gosta de companhias?