in

Prática Homeopática é uma opção para tutores que querem proporcionar bem-estar aos pets

Atividade reconhecida pelo CFMV auxilia no tratamento e ajuda o animal a adoecer menos

Algumas práticas podem salvar os pets, entre elas a Homeopatia pode ser uma opção. Segundo o Conselho Regional de Medicina Veterinária (CRMV-SP), a técnica tem ganhado cada vez mais espaço no tratamento de animais e se caracteriza por proporcionar maior qualidade de vida e bem-estar.

Profissionais que queiram se aprofundar mais sobre o assunto, poderão participar de seis encontros onlines ao longo do ano. As reuniões são organizadas pelo CRMV-SP, por meio da Comissão de Homeopatia Veterinária. A primeira palestra ocorrerá no dia 28/04 às 19h, com o tema “Homeopatia Veterinária: da Ciência à clínica”, ministrada pelo suplente da Comissão, Stelio Pacca Loureiro Luna. 

A prática ainda carrega muitos mitos, mas a presidente da Comissão de Homeopatia Veterinária do CRMV-SP, a médica-veterinária, Talita Thomaz Nader, explica que o uso em animais comprova a eficácia do tratamento. A técnica terapêutica conduzida pelo profissional pode ser aplicada em cães e gatos, aves, animais selvagens e de produção.

“A Medicina Veterinária rompe com esse paradigma, demonstrando os efeitos claros nos animais, que não podem ser sugestionados. Atribuímos então, o efeito exclusivamente ao uso dos medicamentos homeopáticos”, afirma.

A médica-veterinária e também membra da Homeopatia Veterinária, Maria do Carmo Arenales, explica que a terapia consegue tratar problemas físicos e comportamentais, por trabalhar o animal como um todo, ajudando-o a adoecer menos e a viver com qualidade de vida. “Já quando a enfermidade não tem cura, diminui os sinais clínicos e amplia a sensação de bem-estar”, reforça.

“Os medicamentos homeopáticos também são relativamente mais baratos, pela sua duração e efeito, conseguindo ser vendidos a preços mais acessíveis” (foto: reprodução)

Benefícios

Segundo o Conselho, a prática é de fácil manipulação pelos tutores, os medicamentos homeopáticos têm boa aceitação pelos animais. “Quando for aplicar, evite tocar por muito tempo o remédio com as mãos ou você poderá neutralizá-lo”, ensina Maria do Carmo Arenales.

Além de não ter efeito colateral, a Homeopatia não danifica outros órgãos, não causa alergias ou outros tipos de problemas. “Os medicamentos homeopáticos também são relativamente mais baratos, pela sua duração e efeito, conseguindo ser vendidos a preços mais acessíveis”, afirma a médica-veterinária.

Tanto os produtores quanto os consumidores clamam por produtos livres de resíduos tóxicos no tratamento dos animais e em seus produtos derivados. “A Homeopatia surge como uma boa alternativa”, diz Maria do Carmo.

Crescimento e expansão

De acordo com a presidente da Comissão, a área vem crescendo principalmente porque a sociedade está cada vez mais aberta às novas terapias. Para Talita, é notável o surgimento de uma demanda cada vez maior por profissionais “até por parte da indústria homeopática que produz esses medicamentos para uso veterinário, gerando novas possibilidades de trabalho no desenvolvimento de produtos e também na área comercial”.

Talita também explica que a prática é muito bem estabelecida no mercado e com perspectiva de crescimento, com matéria-prima de qualidade e preço justo, além de extrema satisfação por parte dos pacientes.

Para saber mais sobre as reuniões, acesse o site, clicando aqui.

Fonte: CRMV-SP, adaptado pela equipe Cães&Gatos VET FOOD.

LEIA TAMBÉM:

A nutrição está presente e transforma a vida dos animais todos os dias

RJ constrói viaduto para reduzir o número de acidentes envolvendo animais silvestres

Além de gravidez indesejada, castração ajuda a prevenir diversas doenças nos pets

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CFMV alerta proprietários e funcionários sobre ameaças de golpistas a clínicas veterinárias

veterinária do coletivo

Universidade Federal do Paraná inaugura Centro de Medicina Veterinária do Coletivo