in

Prefeitura de Sorocaba doou 20 cães e gatos nos primeiros dois meses do ano

As adoções fazem parte do programa “D + uma chance. Adote uma Vida!”

A Prefeitura de Sorocaba, por meio da Secretaria do Meio Ambiente e Sustentabilidade (SEMA), promoveu a adoção de 20 animais de estimação, entre janeiro e fevereiro deste ano, entre cães e gatos que viviam temporariamente na Unidade de Proteção e Bem-Estar Animal, por meio do programa “D + uma chance. Adote uma Vida!”. O objetivo da campanha é incentivar a população, de forma permanente, à adoção responsável desses pets.

Administrada pela SEMA, a Unidade de Proteção e Bem-Estar Animal conta, atualmente, com cerca de 100 cães e gatos, vítimas do abandono ou de maus-tratos e, por isso, é necessário sempre encontrar novos tutores que garantam um lar seguro, com todo cuidado e amor a eles.

Em janeiro, foram doados seis cães, sendo três adultos e três filhotes, e um filhote de gato. Já no mês de fevereiro, foram doados oito cachorros adultos e cinco felinos, sendo um adulto e quatro filhotes. Todos os animais doados são vacinados, vermifugados, castrados e microchipados.

O operador multifuncional, Isaac Aluques, adotou, no dia 12 de fevereiro, um dos cachorros que vivia na Unidade de Proteção e Bem-Estar Animal. A adaptação do cão em seu novo lar foi muito tranquila. “Foi como se ele já morasse com a gente. É muito carinhoso e dócil. A minha mensagem a todas as pessoas é que os animais também precisam ser amados”, relata.

Antes de adotar um pet, é preciso ter em mente que ele precisa de dedicação e que viverá por longos anos junto à família (Foto: divulgação SEMA)

Guarda responsável. Importante destacar que adotar um cão ou um gato é assumir uma responsabilidade e jamais pode ser uma ação por impulso, pois os tutores precisam garantir o cuidado necessário a esses pets por toda a vida.

O primeiro ponto a se considerar é a dedicação. Um cão, por exemplo, pode viver mais de 15 anos, ou seja, vai precisar do cuidado do seu tutor por muito tempo. Ele é um ser vivo que sente saudades, dor, fome, sede, frio, tristeza, enfim, tem necessidades que precisam ser supridas, como receber carinho, atenção, cuidados veterinários, além da necessidade de brincar e passear.

Outros cuidados frequentes, além disso, garantem o bem-estar do animal. Não basta oferecer comida e água fresca; os pets devem tomar banho periodicamente; ter um local limpo, seco e protegido do vento, da chuva e do sol para se abrigarem e serem levados ao médico-veterinário regularmente, para a aplicação de vacinas e a realização de exames, por exemplo.

Há outros animais disponíveis para adoção em Sorocaba (SP). Para visitar a Unidade de Proteção e Bem-Estar Animal, em razão da pandemia, basta entrar em contato de segunda a sexta-feira, das 9h às 12h e das 13h às 16h, pelo telefone (15) 3202.8006, para agendar um horário.

Fonte: AI, adaptado pela equipe Cães&Gatos VET FOOD.

LEIA TAMBÉM:

Tutores devem estar atentos à ingestão de chocolate pelos pets durante a Páscoa

Dia da Mulher: Veterinária atua fora das quatro paredes da clínica em prol dos animais

CRMV-SP oferta dicas para o resgate seguro de animais em situação de rua

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Tutores devem estar atentos à ingestão de chocolate pelos pets durante a Páscoa

Vetaflan, da Vetoquinol, trata dor e inflamação nos cães de forma confortável