in

PremieRpet comemora 25 anos e inaugura sua 4ª fábrica focada em produtos naturais para os pets

Unidade é em Porto Amazonas (PR), próxima de fornecedores de insumos e de centros consumidores

A PremieRpet completa 25 anos e celebra um importante marco em sua trajetória: a inauguração de uma nova planta industrial, localizada em Porto Amazonas (PR). Com essa nova operação, a empresa mais do que dobra a sua capacidade produtiva de alimentos secos e fortalece sua liderança em nutrição de cães e gatos no Brasil.

A fábrica no Paraná começa a produzir após três anos de obras e investimentos que vão ultrapassar o R$ 1,1 bilhão, concretizando o maior e mais tecnológico polo industrial da América Latina. Nesta fase, serão gerados 330 empregos diretos e 700 indiretos para atender o aumento da demanda da empresa no mercado brasileiro, bem como a expansão para outros países, consolidando, também, a internacionalização do negócio.

“Somos, hoje, a maior empresa do Brasil no segmento de pet food. Este investimento, somado à recente inauguração da planta de produtos naturais úmidos em Dourado (SP), marca um ponto de inflexão na história de crescimento da empresa, com impacto sem precedentes no nosso mercado”, afirma a diretora de Planejamento Estratégico e Marketing Corporativo da PremieRpet, Madalena Spinazzola. Segundo a executiva, a expertise adquirida ao longo de 25 anos de mercado somada aos diferenciais de tecnologia e inovação dessa nova fábrica permitirá conduzir o segmento de alimentos naturais de alta qualidade para cães e gatos a um novo patamar no Brasil.

“Já somos reconhecidos pelo nosso pioneirismo e inovação constante, com foco em produtos cada vez mais naturais. Fomos a primeira empresa nacional a atuar no segmento super premium, criamos a categoria premium especial, lançamos a primeira linha de alimentos para raças específicas no mundo, e redefinimos o conceito de produto natural com as linhas PremieR Seleção Natural (com proteína Korin) e PremieR Nattu. Nos últimos anos, mudamos o referencial do segmento de biscoitos, com um produto sem igual, feito na mais moderna fábrica de cookies da América Latina. Continuamos inovando com opções naturais e certificações diferenciadas, nos consolidando como uma das maiores indústrias com dedicação exclusiva ao setor de pet food no mundo”, afirma.

Com linhas de extrusão tecnológicas e laboratório exclusivo com alta capacidade de análises, a unidade fabril tem 92 mil metros quadrados de área construída e capacidade de produção de 660 mil toneladas de alimentos para cães e gatos ao ano. “Em uma área total de 1 milhão de metros quadrados, a planta está preparada para atender novas demandas de expansão”, diz o diretor Industrial, Cássio Macedo de Toledo.

A localização em Porto Amazonas (PR) é estratégica, pois fica próxima de fornecedores de proteína e grãos, bem como de grandes centros consumidores, malha rodoviária robusta e fácil acesso a áreas portuárias e ferrovia, apresentando condições favoráveis tanto para receber matérias-primas importadas que compõem a formulação dos alimentos como para a expansão do negócio.

Com linhas de extrusão tecnológicas e laboratório exclusivo, unidade possui capacidade de produção de 660 mil toneladas de alimentos para cães e gatos ao ano (Foto: divulgação)

Sustentabilidade em foco

Qualidade e inovação caminham lado a lado com sustentabilidade. Por isso, a fábrica foi planejada para receber a certificação Leed Gold, principal selo que reconhece edificações verdes que seguem padrões internacionais. “Essa iniciativa está em sintonia com nossas prioridades de boas práticas ambientais, sociais e de governança, visando gerar impacto positivo na sociedade”, destaca o diretor Industrial. Ele afirma que a empresa foi pioneira e tornou-se referência no segmento de pet food com a conquista do Leed Gold para a fábrica de cookies em Dourado (SP), inaugurada em 2016.

A fábrica de Porto Amazonas (PR), assim como a fábrica de alimentos naturais úmidos inaugurada recentemente em Dourado (SP), também segue esse conceito.

O selo Leed, explica Toledo, é a comprovação de que a empresa contemplou uma série de requisitos necessários no processo de construção da fábrica, que são: localização e transporte, espaço sustentável, eficiência do uso da água, energia e atmosfera, materiais e recursos, qualidade ambiental interna, inovação de projeto e atendimento a prioridades regionais.

“Diversas soluções foram cuidadosamente planejadas para atendermos às exigências, desde a escolha de materiais construtivos considerando reaproveitamento e baixo impacto ambiental até o descarte adequado de materiais em todas as etapas de obra. Para se ter uma ideia, 96% dos resíduos gerados no processo de construção foram destinados para reciclagem e não para aterros”, conta. Ele destaca, ainda, os sistemas de economia e reuso da água, com a construção de lagoas de captação de água da chuva que, junto com outras medidas, geram uma economia de até 65% desse recurso natural.

Sempre na vanguarda

O primeiro complexo fabril da PremieRpet foi inaugurado em 1995, em Dourado (SP), e já trazia a inovação em seus valores: foi a primeira empresa a fabricar alimentos naturais super premium para cães e gatos no Brasil, apostando em um segmento até então inexistente no país, com base no conceito da nutrição ótima. Impulsionada pela missão de tornar a relação das pessoas com seus animais de estimação a mais próxima, prazerosa e longa possível, o pioneirismo tornou-se uma constante na atuação da empresa, que ao longo do tempo se consolidou como uma das mais modernas e respeitadas empresas de pet food do mundo. 

A PremieRpet, atualmente, reúne em seu portfólio mais de 300 itens das categorias super premium, premium especial e premium, atendendo às mais diversas necessidades nutricionais dos pets ao longo da vida. “Nossas linhas de produtos seguem priorizando opções cada vez mais naturais, sem perder de vista o rigor técnico e a alta tecnologia, como é o caso das linhas PremieR Seleção Natural, com proteína Korin, e PremieR Nattu, que contém superfoods, frango certificado e ovos cage free na composição”, exemplifica Madalena Spinazzola. Além desses produtos, a empresa conta ainda com o pioneirismo da Linhas PremieR Raças Específicas, PremieR Ambientes Internos, PremieR Ambientes Internos Duii e PremieR Ambientes Internos Castrados.

Para a executiva, a empresa está estruturada para abrir novos horizontes no segmento. “Queremos seguir crescendo de forma sustentável, mudando o referencial do mercado, sempre pautados pelo consumo consciente em todos os níveis de atividade e gerando valor e impacto positivos para nossos colaboradores, consumidores, clientes, fornecedores e comunidades”, diz.

A PremieRpet já acumula prêmios recentes como FIA/UOL – Lugares Incríveis para Trabalhar, Valor Carreira – As Melhores em Gestão de Pessoas e Excelência em Gestão de Pessoas (Gestão RH), além do selo GPTW – Great Place to Work.

Fonte: AI, adaptado pela equipe Cães&Gatos VET FOOD.

LEIA TAMBÉM:

Orgulho LGBTQIA+: Veterinário destaca experiências positivas dentro e fora da profissão

CFMV apoia a criação do Dia Nacional da Saúde Única diante do Senado Federal

De olho no mercado chileno, setor pet brasileiro prevê novas exportações em 2022

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

lobos

Governo sueco deseja realizar uma matança na população de lobos, que cresce a cada ano

telemedicina

CFMV regulamenta a telemedicina veterinária e explica o que corresponde cada modalidade