Buscar na cães e gatos

Pesquisar
Close this search box.
- PUBLICIDADE -
Clínica e Nutrição

PREVENÇÃO DE TUMORES EM CÃES E GATOS DEVE SER O ANO TODO

Por Equipe Cães&Gatos
caovet
Por Equipe Cães&Gatos

Após passarmos por uma sequência de dois meses voltados para a prevenção de câncer de mama e de próstata, o médico-veterinário do Hospital Veterinário Lovely Dog, João Gustavo de Souza, chama atenção para rotinas simples que podem fazer a diferença na vida dos pets.

O exame de toque na cadeia mamária das fêmeas e o exame de toque retal nos machos, realizado por um veterinário, são alguns dos métodos que podem indicar possíveis anomalias em cães e gatos, segundo o profissional.

No caso das fêmeas, as neoplasias mamárias correspondem 52% de todos os tumores em cadelas e em felinos é o terceiro tipo mais comum, sendo que mais de 80% é maligno, conforme os dados do Conselho Federal de Medicina (CFMV). Já nos machos, embora o câncer de próstata seja menos frequente, casos de hiperplasia prostática e tumores testiculares são mais comuns, causando muito sofrimento aos pets.

De acordo com o veterinário, os animais que possuem maior incidência são os mais velhos e os que foram castrados após numerosos cios. Além disso, “não é recomendável a utilização de anticoncepcionais em cadelas e gatas, pois aumentam o risco de desenvolvimento de tumores”, explica.

A castração precoce e o exame de toque são os principais métodos preventivos. No caso dos machos, a principal forma de prevenção é o exame da próstata, que deve ser incluído na avaliação clínica de rotina. De acordo com as recomendações do CFMV, cães com idade igual ou superior a 4-5 anos podem ser submetidos a avaliação clínica minuciosa, a qual deve contemplar um exame da glândula prostática (toque retal associado com a palpação abdominal para determinar o tamanho, mobilidade, simetria e presença de nodulações ou de dor. No caso das fêmeas, deixar cruzar ou ter mais gestações não previne o câncer de mama. Pelo contrário. Quando castrada antes do primeiro cio, uma cadela passa a ter menos de 1% de risco de desenvolver tumores de mama. Se a castração for feita até o terceiro cio, a proteção é menor, mas existe. Já a castração precoce em gatas reduz em 91% as chances de desenvolvimento de lesões de mama.

Sinais clínicos. As lesões podem ser únicas ou múltiplas, de tamanhos variando de milímetros a vários centímetros e podem acometer uma ou mais glândulas de ambas as cadeias mamárias, que nas cadelas geralmente consiste em cinco pares e nas gatas quatro pares de mamas.

Em cães e gatos, os sinais clínicos, de forma geral, incluem sinais do trato urinário, como a presença de hematúria na urina (presença anormal de glóbulos vermelhos que pode ser visto a olho nu ou por exames) ou incontinência urinária, com rara ocorrência de disúria. A disúria (dor e descoforto ao urinar) geralmente é reportada nos casos de tumores prostáticos, quando o parênquima é alterado pela neoplasia, chegando a comprimir a uretra.

Outros sinais como fezes finas, também conhecidas como “fezes em formato de fita” (devido à compressão do cólon pela próstata) e constipação, assim como  dificuldade de locomoção, claudicação, andar rígido, fraqueza, diminuição da força muscular nos membros inferiores e edema dos membros pélvicos, são indícios de que há a presença de tumores. Vale pontuar ainda que existem animais cujos sinais clínicos se relacionam à reprodução, tais como a recusa de monta, diminuição da fertilidade e da libido, alterações que acabam sendo mais notadas em apadrinhadores.

Câncer de próstata, de mamas e ovários, podem ser prevenidos com métodos semelhantes aos utilizados por humanos. De acordo com o médico veterinário, os animais que possuem maior incidência são os mais velhos e os que foram castrados após numerosos cios. Além disso, “não é recomendável a utilização de anticoncepcionais em cadelas e gatas, pois aumentam o risco de desenvolvimento de tumores”, explica Souza.

Fonte: AI, adaptado pela equipe Cães&Gatos VET FOOD.

NewsLetter

Cadastre-se agora e receba nossos boletins e atualizações em seu email. 

Integração
Captcha obrigatório
Seu e-mail foi cadastrado com sucesso!