in

Profissional aponta quais são os nutrientes ideais para a alimentação de cães e gatos

Pets têm necessidades nutricionais específicas, que podem ser atendidas com alimentos completos e balanceados

Comemorado em 31 de março, o Dia da Saúde e Nutrição lembra a importância da prática de uma boa alimentação e escolha dos alimentos, inclusive para os pets. Uma boa alimentação busca não apenas o atendimento mínimo das necessidades nutricionais, mas, sim, um balanceamento ideal dos nutrientes. Além de alimentar, o objetivo é proporcionar saúde e bem-estar, de modo que cães e gatos vivam mais e melhor junto aos seus tutores. 

A formulação de um alimento completo para os pets tem como princípio básico garantir que os nutrientes que eles precisam sejam incluídos na alimentação em quantidades adequadas. “Embora atualmente existam muitas opções de alimentos para cães e gatos, nem todas atendem plenamente suas necessidades nutricionais. Por isso, é válido saber quais são os principais nutrientes que compõem a fórmula de um alimento e que fazem toda a diferença nos produtos de alta qualidade”, afirma o mestre em nutrição de cães e gatos e supervisor de Capacitação Técnico-Científica da PremieRpet, Flavio Silva. 

Antes de escolher o alimento para o cão ou gato, é indicado consultar um médico-veterinário, que vai prescrever a dieta levando em conta uma série de informações sobre o pet. Um filhote, por exemplo, necessita de um nível mais alto de proteínas e energia do que um adulto. Um animal castrado, por sua vez, demanda redução na ingestão calórica para evitar o ganho de peso. São diversas as especificidades que precisam ser levadas em conta. 

“A ciência de nutrição evoluiu muito e, hoje, temos alimentos específicos para diferentes faixas etárias, portes, raças, para animais castrados e até para apoiar no tratamento de algumas doenças”, aponta Silva. Além disso, o profissional lembra que os alimentos classificados como Super Premium, Premium Especial e Premium possuem, também, os chamados ingredientes funcionais, ou seja, nutrientes que, quando consumidos, produzem benefícios extras à saúde. Entre eles, destacam-se:

  • MOS, FOS, GOS: Prebióticos que promovem maior equilíbrio e saúde intestinal, melhora o aproveitamento dos alimentos e reduz o odor de fezes;
  • Hexametafosfato de sódio: Promove a saúde oral, reduzindo a formação de tártaro e prevenindo o mau hálito;
  • BCAA: Auxilia no ganho de massa muscular e diminui o dano muscular após exercícios;
  • Extrato de Yucca: Reduz o odor das fezes. 

Silva reforça que os alimentos de alta qualidade e nas quantidades certas proporcionam a cães e gatos uma boa nutrição ao longo de toda a vida. “Tutores que têm o cuidado de oferecer um alimento super premium para seus pets, sem dúvida estão garantindo a eles uma vida mais saudável e feliz”, finaliza.

Confira as funções de cada nutriente:

Fonte: AI, adaptado pela equipe Cães&Gatos VET FOOD.

LEIA TAMBÉM:

Veterinários do CRMV-SP orientam como evitar a intoxicação de pets pela ingestão de chocolate

Brasil está entre os países com maior potencial para descoberta de novas espécies no mundo

Veterinários lançam livro com foco na elaboração de campanhas de vacinação contra a Raiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Covid-19: CRMV-SP divulga nota pedindo para que médicos-veterinários sejam imunizados

Veterinários parceiros da Cafuné listam cuidados com a higiene do pet e da casa