in

PROFISSIONAL ELENCA O QUE HÁ DE NOVO SOBRE LINFOMAS NA VETERINÁRIA

Estudos apontam diferentes histotipos e imunofenótipos

Estudos apontam diferentes histotipos e imunofenótipos

Linfoma é um tema que sempre gera dúvida entre os médicos-veterinários. Além disso, sempre são realizadas pesquisas que apontam novidades sobre aquilo que era sabido sobre o assunto. Em felinos, o linfoma pode ser reconhecido em pacientes com dois perfis distintos, como explica o professor titular da Universidade Vila Velha (UVV, Vila Velha/ES), Rodrigo dos Santos Horta: o primeiro, com menos de três anos de idade, em sua maioria reagentes para o vírus da leucemia felina (FeLV) e, portanto, portadores da doença em sua forma progressiva; e o segundo, entre os dez e 12 anos de idade, constituído predominante por gatos não reagentes.

“Entretanto, o linfoma nesses pacientes pode ser classificado, ainda, quanto à localização anatômica, imunofenótipo (células T, B ou NK) e histopatologia e parece haver uma interseção das doenças nessas classificações”, explica o professor. Ainda segundo ele, nos gatos, considerando a localização anatômica, os linfomas são comumente classificados como multicêntrico, mediastinal, gastrointestinal ou extra-nodal (podendo acometer os rins, sistema nervoso central, cavidade nasal, globo ocular, etc). “Contudo, a classificação como nodal, com acometimento primário dos linfonodos, ou extra-nodal, na presença de um componente extranodal dominante, ausência ou mínima doença nodal, pode se relacionar melhor ao comportamento biológico da doença. Enquanto o linfoma gastrointestinal é mais frequente em gatos idosos não reagentes para FeLV, o linfoma multicêntrico, mediastinal e extra-nodal é mais frequente em gatos jovens com a forma progressiva da infecção por FeLV”.

Para saber mais sobre o tema, em oncologia veterinária, acesse aqui.

FELINOS-DIVULGACAO

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

PSITACÍDEOS TAMBÉM PODEM APRESENTAR PRESENÇA DE HERPESVÍRUS

EUKANUBA LANÇA #CÃESEXTRAORDINÁRIOS COM HISTÓRIAS REAIS