in

Royal Canin cita alguns exemplos de atuação além da clínica para os médicos-veterinários

O Dia Mundial da Medicina Veterinária é comemorado no último sábado do mês de abril

Há 19 anos, a Associação Mundial de Veterinária (World Veterinary Association – WVA) estabeleceu o último sábado de abril como o “Dia Mundial da Medicina Veterinária”. A profissão é conhecida da maioria pelo cuidado e proteção à saúde dos animais, mas a atuação dos médicos-veterinários se relaciona, também, com a saúde ambiental e humana. Sabe por quê? 

Os médicos-veterinários garantem que os alimentos de origem animal, como leite, ovos e derivados, cheguem até a mesa com qualidade, segurança e com a garantia do controle do bem-estar animal durante sua produção. Também são eles que cuidam dos animais selvagens – em cativeiro ou vida livre -, dos animais de laboratório e, claro, dos nossos animais de estimação. 

Este cuidado à saúde abrange todas as áreas de atuação da profissão, que vai além da clínica. Na Royal Canin, por exemplo, há veterinários que operam em departamentos como comercial, qualidade, marketing e até na presidência. 

“O Brasil tem, hoje, aproximadamente, 500 universidades de Medicina Veterinária, o que representa mais da metade da soma dos cursos que existem no mundo todo e reflete na qualidade do ensino. Por exemplo, a nutrição é uma disciplina obrigatória, mas com uma carga horária pequena e com foco nos animais em geral. Temos o desafio de dialogar com os médicos-veterinários para construirmos juntos a Jornada de Saúde da Royal Canin, cujo objetivo principal está em oferecer Saúde Através da Nutrição a todos os pets que alimentamos”, comenta a médica-veterinária e gerente de Comunicação e Assuntos Científicos da Royal Canin Brasil, Natália Lopes.

Natália, além da formação em Medicina Veterinária, possui MBA em Gestão Comercial. “Como Gerente de Comunicação e Assuntos Científicos, contribuo buscando evidenciar, influenciar e compartilhar cada vez mais o impacto da ciência na alimentação e saúde de gatos e cães, em um propósito aliado à missão da empresa, que é Fazer um Mundo Melhor Para os Pets”, finaliza.

Outro veterinário de destaque na empresa é o presidente da Royal Canin Brasil, Pierre Wagner, que soma mais de 28 anos de história na marca. Ele foi o responsável global pelo Pilar Veterinário no campus da Royal Canin na França e nos Estados Unidos, além de ter sido diretor de Mercado da Suíça e presidente da unidade da Royal Canin no México.

Fonte: AI, adaptado pela equipe Cães&Gatos VET FOOD.

LEIA TAMBÉM:

Justiça determina que elefante Sandro permaneça no Zoológico de Sorocaba, interior de SP

Uso de cannabis para tratamento animal deve passar por autorização judicial

Campanha Abril Laranja mostra a importância de denunciar maus-tratos a animais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

incontinência urinária

Veterinários comentam quais são as origens da incontinência urinária em cães e gatos

dia da medicina veterinária

Opinião de veterinários deve ser a mais relevante para tutores de animais de companhia