in

Segundo pesquisa, tutela de pets no Brasil é 75% feminina

Material foi elaborado com dados de 2019, coletados pela DogHero e Zap Móveis

Material foi elaborado com dados de 2019, coletados pela DogHero e Zap Móveis

O Brasil se tornou um dos países com maior número de pets, o que segundo um estudo de 2018, realizado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), em parceria com o Instituto Pet Brasil, já contabiliza 139 milhões de animais. Com tamanha elevação, traçar um perfil dos tutores é imprescindível para o setor pet nacional.

Pensando na identificação do cuidador, a empresa de serviços para cães DogHero e o portal Zap Móveis resolveram fazer um levantamento. Segundo a pesquisa, realizada por meio de uma enquete em 2019, que contou com a participação de mais de dez mil pessoas, os tutores de animais domésticos no Brasil têm entre 30 e 45 anos de idade.

O material também pontua que, demograficamente, a maior parte dos cuidadores está concentrada na região Sudeste (47,4%). Com menos da metade dessa porcentagem, aparece o Nordeste, com 21,4%, seguido pelo Sul (17,6%), Centro-Oeste (7,2%) e Norte (6,3%).

Em questão de gênero, 75% correspondem a mulheres pós-graduadas, casadas ou morando com um(a) parceiro(a). Já entre os casais, seis em cada dez pares têm ou desejam um animal de estimação.

Ressalta-se, curiosamente, que 15% dos tutores afirmaram já ter feito uma festa para o pet, e outros 9% disseram que costumam promover comemorações anualmente. Além disso, mais de um terço (36%) divide o quarto com o animal, sendo que 30% chegam a compartilhar a própria cama na hora de dormir.

Fonte: ricmais, adaptado pela equipe Cães&Gatos VET FOOD.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Unesp divulga concorrência para vestibular de veterinária

Minas Gerais constata aumento nas denúncias de maus-tratos