in

SIMILARIDADES PODEM LEVAR À DESCOBERTA TARDIA DA CERATOCONJUNTIVITE

Diagnosticada em cães, doença pode ocasionar a cegueira, caso não tratada

Uma doença comum entre os cães, mas ainda pouco conhecida pelos tutores: a ceratoconjuntivite seca canina ocasiona o ressecamento da córnea e da conjuntiva, que é provocado pela diminuição da produção de lágrima, o que acarreta em coceira, incômodo, secreção ocular e olhos vermelhos.

A doença, caso diagnosticada tardiamente ou não tratada, causa pigmentação da córnea, que fica com manchas escuras e pode levar o cão à cegueira. São diversos os fatores que podem levar à essa enfermidade, tais como herança genética, trauma na região dos olhos, botulismo, carência de vitamina A, doenças autoimunes e distúrbios endócrinos.

cachorro_janela_carro

Hábito de deixar o cão passear de carro coma cabeça para fora da janela pode provocarressecamento da córnea (Foto: reprodução)

A enfermidade pode acometer qualquer cão, independente da idade. Porém, a doença costuma ser mais comum em algumas raças como o cocker spaniel americano, schnauzer miniatura, pug, buldogue inglês, yorkshire terrier, pequinês, west highland white terrier, english springer spaniel, samoyeda e shih-tzu.

Para diagnosticar o problema, que, muitas vezes, pode ser confundido com a conjuntivite, o ideal é fazer um check-up regular no animal. “O diagnóstico pode ser feito por meio de exame oftálmico realizado por um médico-veterinário. O teste da lágrima é o mais comum nesses casos. Hoje, o mercado já disponibiliza alternativas de tratamento tópicos rápidos e eficazes, que não atrapalham a rotina do cão”, explica o gerente Técnico Pet MSD Saúde Animal (São Paulo/SP), Márcio Barboza.

Alguns cuidados podem manter o animal livre deste e de outros problemas na saúde dos olhos, como a limpeza diária, que pode ser realizada com um pano ou algodão. Outro fator importar é manter a visão livre, ou seja, sempre com pelos aparados ou presos nessa região.

Fonte: AI, adaptado pela equipe Cães&Gatos VET FOOD.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ROYAL CANIN LANÇA ALIMENTO COM FORMULAÇÃO PENSADA PARA A RAÇA PUG

NA CLÍNICA VETERINÁRIA, CLIENTE SATISFEITO NÃO É O MESMO QUE CLIENTE FIEL