Buscar na cães e gatos

Pesquisar
Close this search box.
- PUBLICIDADE -
Clínica e Nutrição

Terapias inovadoras promovem cura e mobilidade dos pets

Tratamento utiliza técnicas que visam recuperação de tecidos lesionados podendo ou não estar associada à cirurgia
Por Equipe Cães&Gatos
ortopedia
Por Equipe Cães&Gatos

A Ortopedia Veterinária Regenerativa é uma área da Medicina Veterinária que se concentra em usar terapias inovadoras para promover a cura e a mobilidade em animais de estimação com problemas ortopédicos. Essas terapias visam estimular os processos naturais de regeneração do corpo para ajudar na recuperação de lesões musculoesqueléticas, articulares e ósseas. 

Aplicação de células-tronco, ácido hialurônico e sulfato de condroitina faz parte do tratamento
(Foto: reprodução)

O médico-veterinário Luiz Fernando explica que a ortopedia regenerativa utiliza técnicas que visam a recuperação de tecidos lesionados podendo ou não estar associada ao tratamento cirúrgico. “Utilizamos as técnicas de aplicação ou infiltração de plasma rico em plaquetas e células-tronco que promovem recuperação de tecido lesionado auxilia na no tratamento anti-inflamatório, promove melhor cicatrização diminui ou até cessa a dor desses tecidos lesionados. Também utilizamos a aplicação de ácido hialurônico e sulfato de condroitina”, diz.

Em relação às lesões musculoesqueléticas em que os animais podem se beneficiar das terapias regenerativas, o veterinário ressalta que todas as lesões articulares, principalmente na articulação coxofemoral nos casos de displasia. “As lesões de joelho como a luxação de patela e ruptura do ligamento cruzado cranial. Recuperação de fraturas e lesões em ligamentos e tendões”, completa. 

Benefícios das terapias regenerativas

Elas se concentram na estimulação, aceleração ou direcionamento dos processos naturais de regeneração do corpo, visando restaurar a função dos tecidos e órgãos danificados. “Quando utilizadas sozinhas, muita das vezes evita procedimentos cirúrgicos. Quando utilizada associada com o procedimento cirúrgico, promove recuperação mais rápida e com menor dor pós operatória”, acrescenta Luiz Fernando, que lista os pontos positivos das terapias regenerativas:

  • Promoção da regeneração natural;
  • Redução de cicatrizes;
  • Menos efeitos colaterais;
  • Minimização da necessidade de cirurgia;
  • Personalização no tratamento;
  • Melhoria da qualidade de vida.

Fonte: AI, adaptado pela equipe Cães e Gatos VET FOOD.

LEIA TAMBÉM:

Pets em condomínios: como garantir a melhor convivência

Lobo-guará é devolvido à natureza após avaliação veterinária

Como desbloquear o potencial do médico-veterinário?

NewsLetter

Cadastre-se agora e receba nossos boletins e atualizações em seu email. 

Integração
Captcha obrigatório
Seu e-mail foi cadastrado com sucesso!