in

Vencedores do 7º Prêmio de Pesquisa PremieRpet são divulgados e contemplados

Iniciativa reconhece melhores trabalhos sobre nutrição de pets elaborados por profissionais e estudantes de Veterinária e Zootecnia

Para a PremieRpet, um dos fatores fundamentais para impulsionar a evolução na área de nutrição de cães e gatos no Brasil é o investimento na geração de conhecimento. Por isso, a empresa reconhece e destaca o trabalho de pesquisadores por meio do seu Prêmio de Pesquisa, que está na sétima edição e acaba de registrar seus ganhadores.                                                                             

O Prêmio de Pesquisa faz parte de uma série de ações e investimentos permanentes da PremieRpet, que envolvem parcerias com universidades, financiamento de pesquisas, realização de eventos científicos, investimentos no Centro de Desenvolvimento Nutricional (CDN), dentro do parque fabril da PremieRpet, e no Centro de Pesquisas na FMVZ/USP de Pirassununga (CEPEN pet), que consolida a maior parceria público-privada do segmento.

Foco no conhecimento. Segundo a diretora de Planejamento Estratégico e Marketing Corporativo da PremieRpet, Madalena Spinazzola, os fortes investimentos da empresa para fomentar a produção científica e promover o vínculo entre as áreas acadêmica, clínica e a indústria, vêm gerando resultados efetivos nos cuidados com a nutrição, manejo alimentar e inovação em produtos com conceitos nutricionais diferenciados. 

“O prêmio é uma iniciativa que reconhece e destaca excelentes trabalhos. Além disso, temos a oportunidade de promover o estreitamento do contato entre profissionais referências da medicina veterinária e jovens em especialização, que estão trilhando um caminho de aprendizado científico e irão conduzir um legado de conhecimento e profissionalismo na área. A nutrição vem assumindo, cada vez mais, a importância que todos nós sabemos que ela tem, a fim de promover a saúde e bem-estar dos pets”, afirma Madalena. 

O Prof. Dr. Marcio Antonio Brunetto, responsável pela disciplina de Nutrição de Cães e Gatos na FMVZ/USP e Coordenador do Centro de Pesquisa em Nutrologia de Cães e Gatos (CEPEN pet), foi o orientador do primeiro colocado desta edição e de parte dos ganhadores das edições anteriores. Ele destaca a importância desse investimento contínuo realizado pela PremieRpet. “É uma iniciativa que fomenta o desenvolvimento dos pesquisadores, mobilizando alunos e acadêmicos rumo à geração de conhecimento”, aponta. 

Vencedores do 7º Prêmio de Pesquisa PremieRpet:

1º LUGAR

Orientado: Prof. Dr. Fábio Alves Teixeira (Confira depoimento)

Orientador: Prof. Dr. Marcio A. Brunetto

Trabalho: Comparação entre dois teores de proteína dietética no manejo nutricional de cães com desvio portossistêmico

Prêmio: Participação no ACVIM Forum 2021 ou outro congresso internacional à escolha (Incluso: inscrição para o congresso, passagem aérea de ida e volta em classe turística, hospedagem em hotel à escolha da PremieRpet, deslocamento e alimentação). 

“Agradeço à PremieRpet por continuar desenvolvendo o Prêmio de Pesquisa, que esse ano eu tive a felicidade de ganhar o primeiro lugar. É um grande incentivo para continuarmos fazendo pesquisas na área de nutrição de cães e gatos e na medicina veterinária. Nessa pesquisa, observamos que a recomendação clínica habitual de que os cães com doenças no fígado deveriam comer alimentos com quantidades baixas de proteína, não necessariamente precisa ser aplicada a todos os pacientes. Isso é importante para o desenvolvimento futuro dessa e de outras doenças, auxiliando o paciente no manejo nutricional e qualidade de vida”.

2º LUGAR

Orientado: MV. Renan Medico da Silva (Confira depoimento)

Orientador: Prof. Dr. Fábio Alves Teixeira

Trabalho: Aplicação dos probióticos brasileiros nas doenças gastrointestinais caninas

Prêmio: participação no 41º Congresso Brasileiro da ANCLIVEPA (Incluso: inscrição para o congresso, passagem aérea de ida e volta em classe turística, hospedagem em hotel à escolha da PremieRpet, deslocamento e alimentação).

“Estou muito honrado com a segunda colocação e quero agradecer à PremieRpet por mais um ano de incentivo à pesquisa. No nosso trabalho, buscamos comparar diferentes cepas de bactérias e concentrações dos probióticos brasileiros com os de outros países em casos de doenças gastrointestinais caninas, e concluímos que nenhum probiótico brasileiro foi capaz de atingir as doses mínimas utilizadas em pesquisas com resultados satisfatórios. Possivelmente, no futuro, com a popularização das técnicas de metagenômica, nós poderemos individualizar os protocolos e obter resultados mais satisfatórios”.

3º LUGAR

Orientada: MV. Paloma Santos Santana (Confira depoimento)

Orientadora: Profa. Dra. Bruna Agy Loureiro

Trabalho: Avaliação das concentrações de cálcio e fósforo em alimentos comerciais coadjuvantes e suplementos mineral-vitamínico para cães e gatos com doença renal crônica

Prêmios: dois kindles e dois e-books “Applied Veterinary Clinical Nutrition” (Andrea J. Fascetti e Sean J. Delaney)

“Esse reconhecimento representa um retorno de tanto estudo e dedicação na área, além de ter sido muito gratificante representar a Bahia e todo o Nordeste. Premiações como essa são importantes para o desenvolvimento técnico e científico do Brasil, com potencial de repercussão a nível internacional. Esse trabalho pode ajudar no controle de qualidade de empresas de alimentos para cães e gatos, além de servir de embasamento para aumentar a rigorosidade na legislação da alimentação pet no Brasil”

O 7º Prêmio de Pesquisa PremieRpet recebeu 39 trabalhos originados em 25 universidades e 37 cidades de todo o Brasil. Todos os trabalhos inscritos foram avaliados por uma comissão julgadora formada por profissionais do CDN – Centro de Desenvolvimento Nutricional da PremieRpet, além de duas especialistas convidadas: Dra. Cecília Villaverde Haro, membro da European College of Veterinary and Comparative Nutrition, e Dra. Luciana Domingues de Oliveira, consultora na área de pesquisa e desenvolvimento pet food com mais de 17 anos de experiência em Nutrologia Clínica de Cães e Gatos. A metodologia utilizada garante o anonimato dos candidatos em todas as etapas da avaliação. 

A oitava edição do prêmio já está confirmada para 2022.

Fonte: AI, adaptado pela equipe Cães&Gatos VET FOOD.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

REPRODUÇÃO

Pesquisa descobre predisposição de raças de cães ao osteossarcoma

Carrapatos e pulgas se proliferam em maior intensidade nos períodos de calor e umidade