in

VETERINÁRIOS AGORA PODERÃO RECEBER TÍTULO DE ESPECIALISTA EM CARDIOLOGIA

SBCV luta há seis anos para a concessão do título para os profissionais

O Conselho Federal de Medicina Veterinária (CFMV, Brasília/DF) habilitou a Sociedade Brasileira de Cardiologia Veterinária (SBCV, São Paulo/SP) para a concessão do Título de Especialista em Cardiologia Veterinária. Essa permissão seguirá o que dispõe a Resolução CFMV nº 935, de 2009. 

A SBCV luta há seis anos para se habilitar a conceder o título, como comenta a presidente da entidade, Lilian Caram Petrus. “As duas gestões anteriores, presididas pelo médico-veterinário Guilherme Goldfeder, enviou toda a documentação necessária para avaliação do CFMV. Foram feitas algumas correções e, em fevereiro deste ano, a solicitação foi aceita pelo Conselho”, revela.

cardio

Profissional pode realizar atendimento clínico-cardiológico de cães e gatos, além de outras espécies animais, como cavalos e silvestres (Foto: reprodução)

Lilian conta que, em primeiro lugar, será formada a primeira banca avaliadora, composta por profissionais que já são diplomados em Cardiologia Veterinária pelo Colégio Americano e Colégio Europeu de Medicina Interna. “Depois isso, será realizada a prova para os primeiros candidatos ao título. Com os primeiros titulados já selecionados, a SBCV passará a disponibilizar a prova anualmente”, expõe e afirma que, em breve, mais notícias sobre o processo estarão disponíveis no site da entidade.

A Cardiologia Veterinária, para a presidente, é considerada uma especialidade que angariou muitos simpatizantes nos últimos anos no Brasil e, além disso, muitos médicos-veterinários fazem cursos de pós-graduação nesta área. “Portanto, é de fundamental importância que seja realizada uma avaliação destes profissionais quanto ao seu conhecimento na especialidade médico-veterinária”, opina.

O profissional especializado na área pode realizar atendimento clínico-cardiológico de cães e gatos, além de outras espécies animais, como cavalos e silvestres. “Além disso, com o título, sabemos que estarão habilitados para a realização de exames eco e eletrocardiográficos”, conta.

De acordo com Lilian, esses médicos-veterinários serão reconhecidos como detentores de conhecimento mínimo para atuação na área de cardiologia veterinária. “Para isso, o bom profissional é aquele que está sempre atualizado, buscando o que há de mais recente na sua área de atuação e, com isso, é capaz de ajudar seu paciente a ter maior expectativa e qualidade de vida”, conclui.

Fonte: Redação Cães&Gatos VET FOOD.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

DRPAD ESTÁ PRESENTE EM 60% DOS GATOS DA RAÇA PERSA

CÃES PODEM RECEBER BANHO E TOSA GRATUITOS EM ESCOLA DE ESTÉTICA DE ANIMAL