in

Animal Planet estreia 2ª temporada de “Família ao Resgate” com novas histórias

Amanda Giese e seus filhos assumem juntos a missão de resgatar cães e encontrar-lhes novos lares

Uma heroína que dedica sua vida ao resgate de animais em situação de abandono e maus-tratos. Essa é Amanda Giese e, junto a ela, estão seus dois filhos adolescentes, Jade e Beast, e dezenas de colaboradores que fazem a gigantesca rede de apoio à Família ao Resgate (Amanda to The Rescue).

No ar a partir de 10 de abril, às 22h25, os episódios inéditos da segunda temporada da série estarão com a Amanda na rotina da Panda Paws Rescue, a organização por ela criada e liderada, nos atendimentos e nas missões de resgate. As câmeras continuam com Amanda em casa, onde os humanos dividem o espaço com os cães Garnett, Bullfrog e Groot.

“Eu e minha família temos a mesma missão: salvar o maior número de animais possível”, resume Amanda sobre o trabalho que tem como foco o resgate, reabilitação e adoção dos animais, em sua maioria cães. Muitos deles possuem necessidades especiais, médicas ou físicas e estão em estado de vulnerabilidade extrema. Todos recebem uma segunda chance em lares cheios de amor e carinho que tanto merecem. Para isso, Amanda conta com uma rede de apoio, formada por colaboradores que sempre estão em contato entre si.

Depois dos primeiros atendimentos emergenciais e da estabilização dos casos graves, aos animais feridos ou com saúde debilitada após sofrerem maus-tratos são levados para o abrigo da Panda Paws Rescue, onde acontece o lento processo de recuperação e reabilitação de cada um deles. O trabalho é incessante, repleto de altos e baixos: há momentos comoventes, grandes alegrias, vitórias e também decepções que fazem parte do caminho. 

Amanda aposta no bom humor e na leveza para dar conta de um trabalho que pode ser, emocionalmente, muito difícil. No episódio de estreia da nova temporada, Amanda conta a história de Groot, um de seus cães: resgatado de um canil onde ele havia sido o filhote rejeitado da ninhada, devido a um problema neurológico congênito, Groot sofre convulsões e tem dificuldade de equilíbrio de localização que fazem dele um animal com necessidades especiais. O agravamento das crises de Groot exige atenção total de Amanda, Jade e Beast.

Depois, Amanda recebe uma mensagem de sua rede de apoio com o pedido de ajuda a dois cães filhotes: Flint Lockwood, um pit bull resgatado das ruas com a mandíbula fraturada, e Latte, a dálmata de quatro meses, também abandonada, e que sofre de uma condição ocular dolorida que pode leva-la à cegueira se não corrigida. Ambos precisam de cuidados médicos imediatos e Amanda vai assegurar que eles recebam atenção especializada da qual precisam. Após a recuperação completa de Flint e Latte, é hora de encontrar um novo lar para cada um deles.

Em casa, Amanda passa por uma fase de adaptação após o término do relacionamento de dez anos com Gary, o que fez com que a casa ficasse com dois membros a menos, um humano e um canino.

Fonte: AI, adaptado pela equipe Cães&Gatos VET FOOD.

(Foto: reprodução)

LEIA TAMBÉM:

Plataforma visa auxiliar veterinários de todo o mundo na questão ‘saúde mental’

Estudo defende que mau comportamento e obesidade em pets cresceram durante pandemia

Nova lei do Estado do Rio de Janeiro proíbe tatuagens em animais de estimação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Medicamento UpCard, da Vetoquinol Saúde Animal, promete tratar os sinais clínicos da ICC

Saúde pet: chegada do outono exige atenção redobrada dos tutores