in

Boehringer Ingelheim registra crescimento na divisão de Saúde Animal

Ao todo, primeiro semestre do ano resultou em alta de 9,6%

Em um mercado aquecido, divisão de Saúde Animal da Boehringer Ingelheim registra 9,6% de crescimento no primeiro semestre de 2021. Resultado está ligado ao processo de recuperação da economia global e é marcado por investimentos e parcerias em P&D.

De acordo com a empresa, a divisão registrou vendas líquidas de € 2,3 bilhões no período. “Em vendas líquidas, os segmentos de antiparasitários para animais de companhia foram os que tiveram o maior destaque. Porém, o período também foi marcado por importantes anúncios e investimentos”, explica.

Neste período, a Boehringer Ingelheim também firmou novas parcerias com a PetMedix, para o desenvolvimento de novos e transformativos anticorpos terapêuticos para animais de companhia, e com a Lifebit Biotech, para detectar e relatar precocemente surtos de doenças infecciosas globais usando Inteligência Artificial.

“O antiparasitário NexGard® para cães permaneceu como o produto mais comercializado, com crescimento em vendas líquidas de 16,4% (comparado ao mesmo período de 2020 e ajustado para efeitos cambiais) para € 488 milhões. Já o Frontline®, que combate pulgas e carrapatos em cães e gatos, gerou vendas líquidas de € 267 milhões, um aumento de 8,9% comparado a igual período do ano anterior”, destaca a empresa.

Boehringer e Brasil

Para o Head da divisão de Saúde Animal da Boehringer Ingelheim Brasil, Fábio Barone, os investimentos feitos no país o mantêm entre os mais importantes da empresa: “O Brasil está entre os 10 mercados mais importantes para a Boehringer Ingelheim, pois tem uma grande vocação para o agronegócio e a segunda maior população pet do mundo. Não é por acaso que o nosso crescimento local é maior do que o mercado de saúde animal global”, afirma.

Segundo ele, para continuar em evidência, a companhia projeta novos investimentos no País: “Em julho, nós anunciamos a chegada no mercado nacional do NexGard Spectra®, medicamento revolucionário que combate parasitas internos e externos em cães, que amplia o nosso portfólio e traz novas possibilidades de conquista de market share. Além disso, planejamos novos lançamentos para diferentes áreas no futuro”, finaliza.

Fonte: A.I, adaptado pela equipe Cães&Gatos VET FOOD.

LEIA TAMBÉM:

Microchip em cães e gatos de estimação: qual o impacto na Saúde Pública?

Cadela que auxiliou o Corpo de Bombeiros em Brumadinho (MG) se aposenta

Sopro cardíaco pode comprometer a qualidade de vida dos animais de companhia

(Foto: reprodução)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

displasia coxofemoral em gatos

Campanha Meu Gato no Vet destaca importância do acompanhamento veterinário

MindVet: manifestações artísticas oferecem benefícios para a saúde mental