Cães e gatos logo

Buscar na cães e gatos

Pesquisar
Close this search box.
- PUBLICIDADE -
Pets e Curiosidades

Campanha ”Diga Não à Leishmaniose” lembra que doença também acomete os humanos

Por Equipe Cães&Gatos
mosquito
Por Equipe Cães&Gatos

Ela é a segunda enfermidade que mais mata humanos no mundo, depois da malária e negligenciada pela saúde pública. Para a leishmaniose, calazar ou doença do mosquito palha, como é conhecida, infelizmente, não há uma medida preventiva como a vacina e entendemos que, para os humanos, é apenas informação correta, repelente e muita oração para não ser picado pelo inseto transmissor.

Ele que tem cor alaranjada, se reproduz em restos orgânicos e adora umidade. Sabe aquela mosquinha do ralo que aparece quando há umidade? Então, ele é parente dela, só que se chama flebotomíneo, é minúsculo, com 3mm e quase imperceptível. Sua picada é indolor e os sintomas da doença aparecem após seis meses a 1 ano, causando um estrago considerável.

Os cães são as maiores vítimas do mundo pet desse vetor. São picados e vários vão a óbito
(Foto: reprodução)

Anemia profunda, desânimo, feridas na pele são alguns dos sinais dessa doença silenciosa. Muitos humanos vão a óbito quando acometidos. A campanha ”Diga Não à Leishmaniose” iniciou um trabalho de conscientização e prevenção da doença em 2005 e, desde então, faz uma divulgação incessante sobre o tema, para que as pessoas tomem os devidos cuidados e se previnam.

Os cães são as maiores vítimas do mundo pet, são picados e vários vão a óbito. A vantagem e a “sorte” deles, é que temos vários métodos preventivos, como coleiras, pipetas e vacinas, lembrando que todo método preventivo corresponde a 70% de prevenção. A única coleira indicada para a prevenção, aprovada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), é a Coleira Scalibor, da MSD Saúde Animal.

Apatia, falta de apetite, unhas crescendo em excesso, extremidade das patas, pernas e focinho escamando, olhos com secreção, barriga inchada, podem ser alguns indicativos de que seu cão está com leishmaniose. Em casos de qualquer alteração ou aparência desta descrição, o tutor deve procurar o veterinário de sua confiança e fazer o exame. O protocolo de tratamento é bem complicado, doloroso e os gastos são bastante expressivos. Por isso, sempre, a prevenção é o melhor remédio.

Dia 10 de Agosto é o dia Nacional de conscientização e prevenção da leishmaniose e, no dia 28, a MSD estará junto à Sanimvet, com a organização OAB do Ipiranga, a Subprefeitura, e o projeto Pacotinho de Amor para um evento de adoção e conscientização das 10h às 15h, em um super evento com doação de sangue pet, informações e vários cães e gatos para adoção.

Fonte: AI, adaptado pela equipe Cães&Gatos VET FOOD.

LEIA TAMBÉM:

Pets com leishmaniose podem ter uma vida normal, desde que tratados adequadamente

Alimento úmido pode auxiliar na ingestão de água, que deve ser estimulada entre os felinos

Secretaria de Estado de Saúde do Rio de Janeiro divulga informe sobre profilaxia da raiva humana

Compartilhe este artigo agora no