in

Secretaria de Estado de Saúde do Rio de Janeiro divulga informe sobre profilaxia da raiva humana

Veterinários, zootecnistas e outros profissionais fazem parte do grupo de profilaxia pré-exposição, com riscos reais de exposição ao vírus

A Secretaria de Estado de Saúde do Rio de Janeiro divulgou recentemente o “Informe técnico: Profilaxia da Raiva Humana nº 001/2022”. O material tem como objetivos consolidar, esclarecer e reiterar as atualizações no protocolo de profilaxia da raiva humana no Estado, levando em consideração as recentes mudanças nas medidas para profilaxia ao vírus rábico e a situação de racionalização da distribuição dos imunobiológicos pelo Ministério da Saúde.

Médicos-veterinários, zootecnistas e outros profissionais que atuam constantemente sob risco de exposição ao vírus rábico (agrônomos, biólogos, funcionários de zoológicos/parques ambientais, espeleólogos) fazem parte do grupo de profilaxia pré-exposição, por terem riscos reais de exposição permanente ao vírus rábico, durante atividades ocupacionais.

No arquivo, entre as páginas 20 e 25, é possível conferir os pólos de aplicação de vacina antirrábica humana do Estado do Rio de Janeiro e os polos de soroterapia antirrábica. Clique aqui para conferir informe completo.

Fonte: CRMV-RJ, adaptado pela equipe Cães&Gatos VET FOOD.

LEIA TAMBÉM:

Pets exóticos exigem cuidados diferentes dos tutores comparados a cães e gatos

CRMV-SP recebe indicações para prêmios que homenageiam veterinários e zootecnistas

Pesquisa revela que Shih-tzu é a segunda raça de cães mais querida do Brasil

(Foto: divulgação)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

acumuladores

Escola de Veterinária da UFMG orienta sobre pessoas em situação de acumulação de animais

gato com frio

Cuidados com a saúde felina nos dias de temperatura amena vão além de evitar doenças comuns