Buscar na cães e gatos

Pesquisar
Close this search box.
- PUBLICIDADE -
Clínica e Nutrição

Carteirinha de vacinação deve ser atualizada para férias

Proteção é essencial para viagens ou hospedagem em hotéis
Por Equipe Cães&Gatos
Vet preparing vaccine for small dog
Por Equipe Cães&Gatos

Com a chegada das férias e viagens de final de ano, os tutores devem estar atentos a alguns cuidados com a saúde dos pets. Isso porque a época é marcada pelo aumento de passeios e exposição desses animais que requerem, por exemplo, a atualização da carteirinha de vacinação contra doenças comuns dessa época do ano. 

Para isso, o médico-veterinário e gerente Técnico Pet da MSD Saúde Animal, Marcio Barboza, reforça que, estando o pet viajando ou ficando em hoteizinhos, ou até mesmo aproveitando o aconchego do lar com a família, a atualização das vacinas é fundamental para assegurar, não só a saúde do seu cão e gato, mas de toda a família.

E uma das principais vacinas que devem ser atualizadas é a raiva. Isso porque a doença, que costuma ganhar destaque em agosto, pode acometer os animais durante todo o ano. 

“Em 2023, tivemos vários casos em diversos meses diferentes, e isso mostra a importância de não esperar o período do “cachorro louco” para começar a prevenção, que, nesse caso, é a vacinação. Além disso, esse cuidado é importante também para manter os humanos saudáveis”, explica o veterinário. De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), imunizar 70% dos animais onde a doença existe pode reduzir para zero os casos em humanos.

a young girl veterinarian is preparing to give a vaccine to a dog, a chihuahua
Prevenção é importante, independentemente dos pets estarem em casa ou acompanhando seus tutores em novos destinos (Foto: reprodução)

O final do ano é um período de férias e, muitas vezes, de viagens. Por isso, a prevenção é importante, independentemente dos pets estarem em casa ou acompanhando seus tutores em novos destinos.

Além disso, para aqueles que forem viajar e optarem por deixar seus animais em hotéis especializados é essencial estar ciente de que alguns estabelecimentos exigem que os animais estejam com as vacinas em dia. Este requisito não apenas contribui para a segurança do animal hospedado, mas também cria um ambiente mais saudável para todos os pets presentes.

“Além da vacina contra a raiva, é importante que o tutor visite o consultório e converse com o veterinário sobre a atualização necessária de vacinas específicas para aquele animal, já que entendemos que cada pet tem um perfil, raça e estilo de vida diferentes”, fala Marcio.

Dica final: não esqueça do uso de antipulgas e carrapatos

Além disso, o veterinário deixa uma recomendação importante: “Além das vacinas, não podemos esquecer da importância dos pets estarem em dia com o uso do ectoparasiticida, que não só protege contra pulgas e carrapatos, mas também contra doenças transmitidas por eles. Recomendo a utilização de um produto com proteção de até doze semanas em uma única dose, assim o tutor pode viajar e curtir o final de ano com tranquilidade, sabendo que seu animalzinho estará protegido e feliz”, finaliza o profissional.

Fonte: MSD Saúde Animal, adaptado pela equipe Cães e Gatos VET FOOD.

LEIA TAMBÉM:

Antes de viajar com seu pet, responda a estas cinco perguntas

Férias em família: posso levar meu cachorro à praia?

Insolação em cães pode ser evitada com nove cuidados

NewsLetter

Cadastre-se agora e receba nossos boletins e atualizações em seu email. 

Integração
Captcha obrigatório
Seu e-mail foi cadastrado com sucesso!