in

Clube de registro genealógico americano reconhece duas novas raças de cães

Mudi e Russian Toy (Pequeno cão russo, no Brasil) agora podem competir em exposições

O American Kennel Club reconheceu, recentemente, um cachorro de pastoreio de origem húngara e a companhia de aristocratas russos. O clube anunciou, no dia 04 de janeiro, o reconhecimento das raças Mudi e Russian Toy (Pequeno cão russo, no Brasil). Com o reconhecimento, cães dessa raça poderão competir em exposições a partir de agora.

O Modi é um cão de pastoreio húngaro. É uma raça rara. Segundo o American Kennel Club, há apenas cerca de 3 a 4 mil deles em todo o mundo.

Criadores o comparam a uma mistura entre poodle e pastor alemão, pelas características de seu pelo e seu porte, além do temperamento. Eles mudam muito ao longo do tempo. Nascem com as orelhas caídas e elas se erguem ao longo dos anos. Alguns podem nascer sem rabo.

“Se não forem desafiados física e mentalmente, os Mudis podem ficar barulhentos e exigentes”, explica a secretária do clube americano de Mudi, Susanne Bergesen.

Segundo a especialista, esta não é a raça indicada para quem nunca teve animais de estimação, pois os cães se entediam facilmente e demandam treino constante. “Por outro lado, eles são pensadores, adoram aprender, aprendem rápido e não precisam de muitas repetições para adquirir a maioria das habilidades”, declara.

Já sobre o Pequeno cão russo, trata-se de uma das menores raças reconhecidas. Sua história é antiga. Primeiro, foram companheiros da aristocracia russa e chamados de English Toy Terriers. “Depois de ver seus números serem dizimados durante a Revolução Russa, os criadores saíram de suas fronteiras apenas para descobrir que seus English Toy Terriers não se pareciam em nada com o padrão da raça, provocando a mudança do nome para Russian Toy Terrier”, explica o clube americano.

Os cachorros dessa raça são dóceis e adoram brincar. Além disso, criadores dizem que ele não demanda cuidados excessivos nem treinamentos.

Fonte: G1, adaptado pela equipe Cães&Gatos VET FOOD.

LEIA TAMBÉM:

Veterinárias comentam critérios a serem seguidos em reprodução de animais

UFMG divulga edital para Programa de Residência em Medicina Veterinária 2022

Veterinárias lançam livro que aborda terapêuticas em animais domésticos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

denúncia

CRMV-PB explica como denunciar maus-tratos ou exercício ilegal da profissão

eutanásia

O que muda com nova lei sobre eliminação de animais pelos órgãos públicos?