in

Conferência Raiva nas Américas: evento receberá trabalhos científicos até o dia 31 de agosto

Iniciativa, que ocorrerá de maneira on-line, tem data marcada para os dias 26 e 29 de outubro

De suma importância para compreender o desenvolvimento da doença, Conferência Raiva nas Américas 2021 (Rabies In The Américas – RITA) já tem data marcada e recebe trabalhos científicos. Evento ocorrerá nos dias 26 e 29 de outubro e os trabalhos poderão ser enviados até o dia 31 de agosto.

A iniciativa, que ocorrerá de maneira on-line, unirá palestras, discussões sobre a doença e apresentações de trabalhos científicos nos seguintes temas: aspectos de vigilância, controle, tratamento, diagnóstico e prevenção. Ideia, segundo a organização do evento, é oferecer um ambiente de interação entre cientistas, médicos, médicos-veterinários, funcionários de saúde pública, biólogos e outros profissionais, sob o aspecto da saúde única.

“Os trabalhos científicos podem ser enviados até o dia 31 de agosto. Eles devem ser apresentados em inglês, nas modalidades oral ou pôster. O evento terá tradução simultânea em, pelo menos, três línguas: inglês, espanhol e português”, explica o RITA.

Vale ressaltar que a raiva é conhecida desde séculos, porém, apesar dos esforços de governos e organizações, ainda atinge mais de 150 países e territórios e estima-se que seja a causa da morte de 59 mil pessoas todos os anos.

“O médico-veterinário tem papel fundamental na luta contra a raiva. Ele atua nos sistemas de saúde, sendo também responsável por prevenção, controle, diagnóstico clínico e laboratorial da doença. Avalia fatores de risco quanto à transmissão do vírus no ambiente e em animais, visando alertar os órgãos de saúde e prevenir a ocorrência da zoonose”, explica o Conselho Federal de Medicina Veterinária (CFMV), ao divulgar o evento.

Para mais informações, acesse o site oficial do evento. Clique aqui.

Fonte: CFMV, adaptado pela equipe Cães&Gatos VET FOOD.

LEIA TAMBÉM:

Microchip em cães e gatos de estimação: qual o impacto na Saúde Pública?

Cadela que auxiliou o Corpo de Bombeiros em Brumadinho (MG) se aposenta

Sopro cardíaco pode comprometer a qualidade de vida dos animais de companhia

(Foto: reprodução)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Vet Exóticos Clínica Veterinária

Estado de Santa Catarina ganha primeira clínica especializada em animais exóticos

Abrigo alemão aposta no uso do Tinder para potencializar adoção de animais