Buscar na cães e gatos

Pesquisar
Close this search box.
- PUBLICIDADE -
Inovação e Mercado

CRMV-RJ faz alerta sobre o uso de ‘chumbinhos’ no controle de roedores

Além de ilegal, o 'chumbinho' é perigoso para humanos e animais, que precisam ficar atentos aos riscos
Por Equipe Cães&Gatos
ratos e o chumbinho
Por Equipe Cães&Gatos

O Conselho Regional de Medicina Veterinária do Rio de Janeiro (CRMV-RJ) alerta sobre os riscos e a ineficácia do veneno agrícola conhecido popularmente como ‘chumbinho’. Apesar de sua alta toxicidade aguda, que leva à morte rápida dos roedores após a ingestão, essa aparente eficiência pode induzir os consumidores a uma falsa sensação de controle sobre a infestação.

- PUBLICIDADE -

As colônias de ratos possuem uma estrutura social complexa. Normalmente, os roedores mais velhos ou doentes são os primeiros a testar qualquer novo “alimento” encontrado. Ao consumirem o chumbinho e morrerem rapidamente, os outros ratos percebem o perigo iminente e evitam o local. Isso resulta em uma simples redistribuição dos roedores, deslocando o problema para áreas vizinhas e perpetuando a infestação na região.

Para orientações adicionais, consulte um profissional habilitado ou entre em contato com as autoridades competentes (Foto: Reprodução)

Por outro lado, os raticidas legais registrados na Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), conhecidos como cumarínicos, apresentam um mecanismo de ação diferente. Esses venenos atuam como anticoagulantes, causando a morte dos roedores de forma mais lenta e gradual. Esse processo não desperta a desconfiança dos outros membros da colônia, permitindo que todos os ratos consumam o veneno ao longo do tempo.

Embora o uso dos raticidas cumarínicos exija mais paciência e disciplina do usuário, a eficácia é significativamente maior. O controle eficiente da população de roedores é alcançado de maneira mais completa, proporcionando uma solução duradoura e sustentável para a infestação. A utilização responsável e consciente desses produtos, respeitando as orientações dos fabricantes e autoridades sanitárias, é fundamental para garantir a segurança humana e ambiental, além de promover um controle eficaz dos roedores.

O CRMV-RJ reforça que o uso do ‘chumbinho’ é ilegal e perigoso, não apenas para os animais, mas também para a saúde humana e o meio ambiente. Recomendamos fortemente que os consumidores optem por métodos de controle de roedores que sejam regulamentados e seguros. Para orientações adicionais, consulte um profissional habilitado ou entre em contato com as autoridades competentes.

Fonte: CRMV-RJ, adaptado pela Equipe Cães e Gatos.

LEIA TAMBÉM:
Acupuntura é aliada no tratamento de cães com cinomose
Você sabe o que é cinomose e como ela afeta a saúde dos cães?
Brincadeiras educativas para pets promovem saúde física e mental

Compartilhe este artigo agora no