Buscar na cães e gatos

Pesquisar
Close this search box.
- PUBLICIDADE -
Pets e Curiosidades

CRMV-RJ traz orientações sobre o glaucoma em cães

Doença não afeta somente os humanos. O glaucoma também pode atingir os pets e os tutores devem estar atentos
Por Equipe Cães&Gatos
glaucoma em cães
Por Equipe Cães&Gatos

Recentemente, o cantor sertanejo Marrone, da dupla com Bruno, passou por uma cirurgia de urgência feita nos dois olhos após ser diagnosticado com glaucoma em estágio avançado. Você sabia que, assim como os seres humanos, os cães também estão susceptíveis a desenvolver glaucoma e necessitam de uma precocidade no diagnóstico? O glaucoma em cães é uma doença ocular comum e complexa, caracterizada pelo aumento da Pressão Intraocular (PIO), que pode resultar em danos permanentes ao nervo óptico e à retina se não for diagnosticado e tratado precocemente.

- PUBLICIDADE -

Para entender melhor essa condição e como ela afeta os animais de estimação, a médica-veterinária Elaine Santos, membro da Comissão de Clínica Médica e Cirúrgica de Animais de Companhia do Conselho Regional de Medicina Veterinária do Rio de Janeiro (CRMV-RJ), explica a correlação: “o glaucoma é um conjunto de alterações oftálmicas, dentre elas o aumento da Pressão Intraocular. O grande desafio na Medicina Veterinária é justamente o diagnóstico precoce, pois, na maioria dos casos, o cliente só percebe quando já há perda de visão ou quando o globo ocular está aumentado de tamanho (buftálmico). E aí, na maioria das vezes, já é tarde demais.”

O glaucoma em cães é uma doença ocular comum e complexa, caracterizada pelo aumento da Pressão Intraocular (Foto: Reprodução)

A prevenção é fundamental quando se trata de glaucoma em animais. Elaine enfatiza que “a forma mais efetiva de se prevenir o glaucoma é fazer acompanhamento oftalmológico periódico dos pacientes, pois aí se torna possível identificar discretos aumentos de Pressão Intraocular e começar a tratar no início.”

O Conselho destaca que é essencial que os responsáveis por animais estejam atentos à saúde ocular de seus animais de estimação. Dois dos sintomas de glaucoma nos cães que o responsável deve notar são a sensibilidade nos olhos e a dor. Além disso, existem outros sinais, como: aumento do globo ocular; sensibilidade à luz; olhos opacos ou nebulosos; lacrimejamento excessivo; vermelhidão ao redor dos olhos; córnea azulada; mudança comportamental devido à dor; pupila dilatada; enjôo e vômitos devido à sensibilidade à luz; e piscadas em excesso.

O glaucoma é uma doença silenciosa. O cantor Marrone, por exemplo, se queixava de dor de cabeça, e foi diagnosticado com a enfermidade.

Fiquem atentos aos sinais dos nossos pets. Quem ama, cuida!

Fonte: CRMV-RJ, adaptado pela Equipe Cães e Gatos.

LEIA TAMBÉM:
Você limpa as orelhas do seu cão? Conheça algumas dicas
Saiba como terapias integrativas podem curar e descobrir doenças dos pets
Carvão ativado é importante aliado em casos de intoxicações alimentares em cães e gatos

Compartilhe este artigo agora no