in

Dia da Saúde Única lembra a importância dos veterinários, também, aos humanos

Múltiplos setores trabalham em conjunto em prol do ambiente, dos animais e das pessoas

Você sabia que a saúde humana também depende da ação do médico-veterinário? Embora ainda conhecida como a Medicina que cuida dos animais, a Medicina Veterinária trata, , de alimentos, solo, água, saúde pública, genética, pandemias, doenças que circulam nos animais e atingem os homens – as zoonoses – e muitas outras áreas. Essa amplitude faz da Medicina Veterinária a vertente principal da Saúde Única, que é celebrada, anualmente, a cada 3 de novembro.

Mas o que é saúde única? É o conceito que representa uma visão integrada, considerando a indissociabilidade entre a saúde humana, animal e ambiental. É ele também que define políticas, legislação, pesquisa e implementação de programas, em que múltiplos setores se comunicam e trabalham em conjunto nas ações para a diminuição de riscos e manutenção da saúde. Essa integração pode contribuir para a eficácia das ações em saúde pública, com redução dos riscos para a saúde global.

As interações entre humanos e animais ocorrem em diversos ambientes e de diferentes maneiras e podem ser responsáveis pela transmissão de agentes infecciosos entre animais e seres humanos, levando à ocorrência de zoonoses. Neste Dia Mundial da Saúde Única, 3 de novembro, o Conselho Federal de Medicina Veterinária (CFMV) lembra do importante papel dos médicos-veterinários e zootecnistas para a saúde do planeta. Eles atuam prevenindo, controlando ou erradicando doenças, garantindo a saúde animal e a qualidade dos alimentos de origem animal para a população.

Veterinários contribuem para a eficácia das ações em saúde pública, com redução dos riscos para a saúde global (Foto: reprodução)

Dia Mundial da Saúde Única

Desde 2016, a One Health Commission, a One Health Platform e a One Health Initiative Team, comemoram o Dia Mundial da Saúde Única, oficialmente celebrado em 3 de novembro em vários países. A comemoração tem como objetivo estimular mudanças na avaliação e tratamento dos desafios da saúde do planeta e como os profissionais trocam informações sobre o assunto.

Aguarda votação no Senado brasileiro o Projeto de Lei nº 1.837/2021, que cria o Dia Nacional da Saúde Única; caso se torne lei, a data brasileira será a mesma da celebração mundial, 3 de novembro.

Fonte: AI, adaptado pela equipe Cães&Gatos VET FOOD.

LEIA TAMBÉM:

Incidentes recentes com animais em voos domésticos ligam alerta dos tutores

Artigo lembra: trato gastrointestinal saudável, pet saudável

Graduandos apresentam propostas para participação do CRMV-SP no projeto Puraa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

atendimento cães

II Consenso Brasileiro de Mastocitoma em Cães unifica a conduta dos médicos-veterinários

alimentação

Saúde e bem-estar dependem diretamente da qualidade da alimentação do animal