in

Dieta de cães-guia deve levar em consideração o oferecimento de petiscos

Segundo a Hill’s Pet Nutrition, questão dos petiscos é um ponto de atenção

Comemorado no dia 28 de abril, o Dia Internacional do Cão-Guia destaca a importância da ação desempenhada por alguns animais para o bem-estar de muitas pessoas. Contudo, como todo animal de companhia, os cães que exercem essa função também necessitam de cuidados especiais, como alimentação balanceada.

De acordo com a Hill’s Pet Nutrition, que faz um trabalho contínuo de conscientização de tutores de animais sobre os perigos de uma dieta não balanceada e do fornecimento de alimento à vontade aos pets, para os cães-guia a questão dos petiscos é um ponto de atenção.

Como explica a empresa, é importante que o cão guia desenvolva uma rotina rígida e, por isso, o animal não deve ser incentivado ou alimentado com petiscos, mas caso seja, que não ultrapasse a quantidade correspondente a 10% da necessidade energética diária. Ele deve ser alimentado apenas pelo seu tutor e em horários pré-determinados”.

“A questão dos petiscos é um ponto bem importante para ser observado em qualquer dieta dos cães, justamente pela questão da obesidade. A nossa pesquisa apontou que 42,75% desses animais recebiam petiscos e guloseimas todos os dias”, afirma a médica-veterinária e supervisora de Assuntos Veterinários da Hill’s Pet Nutrition, Brana Bonder. “No caso do cão-guia, o cuidado tem que ser redobrado e o tutor precisa ser rígido quanto à dieta”, completa.

Pesquisa

Em uma pesquisa, realizada pela empresa em parceria com a Cão Cidadão em 2020, 41,04% dos tutores classificaram seus pets com condições corporais 7 e 9 – que, de acordo com a WSAVA Associação Mundial de Veterinários para Animais Pequenos, indicam sobrepeso ou obesidade. 

Fonte: AI, adaptado pela equipe Cães&Gatos VET FOOD.

LEIA TAMBÉM:

Veterinários compartilham desafios e motivações no trabalho em um zoológico

CRMV-SP disponibiliza guia prático para notificação obrigatória de doenças animais

Hospital Veterinário FMU realiza semana de prevenção da periodontite em pets

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

“Não me deixe esquecer”: veterinários explicam Síndrome da Disfunção Cognitiva

fábrica Pet Society

Pet Society investe R$ 35 milhões em construção de nova fábrica