Buscar na cães e gatos

Pesquisar
Close this search box.
- PUBLICIDADE -
Marketing e Produtos

Doença periodontal afeta até 85% dos animais adultos

Veterinário indica cuidado redobrado com a saúde bucal dos cães de raças pequenas
Por Equipe Cães&Gatos
cuidado bucal
Por Equipe Cães&Gatos

Cães de raças pequenas são frequentemente associados a problemas dentários, e uma das principais razões para isso é o fato de muitos deles serem braquicefálicos, condição em que o comprimento do focinho é menor em relação ao crânio. 

Isso pode levar a uma série de problemas bucais, como menos espaço para a acomodação da dentição e maloclusão (posição errada dos dentes em relação aos demais), desvios dentários e apinhamento (dentes muito juntos).

Tutores devem iniciar o mais precocemente possível a escovação dentária do seu cãozinho (Foto: reprodução)

Segundo o médico veterinário Marcello Roza, embaixador da Mars Petcare e especialista em Odontologia Veterinária, a maloclusão resulta em traumas como tecidos moles, muitas vezes atrapalhando a pega e mastigação dos alimentos. 

“Os dentes muito juntos também facilitam a adesão das bactérias, que ali encontram restos alimentares, predispondo, desta maneira, o desenvolvimento e a maturação da placa bacteriana”, acrescenta o especialista.

Como animais difiodontes, eles possuem duas dentições diferentes e consecutivas. E essa desordem no alinhamento dos dentes pode ocasionar a ausência de contato entre os dentes permanentes que devem surgir e as raízes dos dentes decíduos (ou seja, os dentes primários), podendo ocasionar a ausência de contato entre os dentes permanentes. 

O contato é importante porque os dentes permanentes devem surgir através das raízes dos dentes decíduos, resultando no processo de reabsorção, seguido pela eventual queda dos dentes primários e substituição pelos permanentes.

Por isso, o veterinário indica o cuidado redobrado dos tutores com a saúde bucal dos cães de raças pequenas, além do acompanhamento especializado, principalmente durante o período de troca dentária.

“Os tutores devem iniciar o mais precocemente possível a escovação dentária do seu cãozinho e realizá-la uma vez ao dia, sempre no mesmo horário, com escova macia, de tamanho e creme dental apropriados para uso em cães”, orienta Roza.

O especialista recomenda também a utilização de Pedigree Dentastix Raças Pequenas. O produto possui ingredientes ativos que reduzem em 80% a formação do tártaro. Em sua composição, encontramos tripolifosfato de sódio e sulfato de zinco, que atuam isolando o cálcio presente na saliva do animal, evitando a mineralização da placa do cálculo; e previnem a halitose, neutralizando a ação da bactéria. 

Além disso, possui um design exclusivo em X para atingir locais críticos da boca, auxiliando na limpeza. Com cuidado e atenção adequados, você pode ajudar a garantir que seu cão de raça pequena tenha uma vida longa e saudável.

Fonte: AI, adaptado pela equipe Cães e Gatos VET FOOD.

LEIA TAMBÉM:

Veterinária comenta como minimizar estresse de pets diante de mudanças

Como manter o pet hidratado e saudável durante o inverno?

Dermatite é o resultado de diversas doenças que podem acometer os felinos

NewsLetter

Cadastre-se agora e receba nossos boletins e atualizações em seu email. 

Integração
Captcha obrigatório
Seu e-mail foi cadastrado com sucesso!