Cães e gatos logo

Buscar na cães e gatos

Pesquisar
Close this search box.
- PUBLICIDADE -
Pets e Curiosidades

É possível ensinar o gato a parar de arranhar o sofá

Estratégias preservam móveis enquanto estimulam comportamento instintivo
Por Equipe Cães&Gatos
living room with white sofa and a black cat
Por Equipe Cães&Gatos

Muitas vezes, a tendência natural dos gatos em arranhar tudo à sua volta pode ser tornar um desafio. Mas, você sabia que é possível evitar que eles arranhem os móveis? Apesar de ser um comportamento normal dos gatos, é possível redirecionar esse instinto felino para longe dos lugares que você deseja manter intactos. 

Analise o tecido do sofá

A escolha do tecido desempenha um papel crucial na prevenção de arranhões. Gatos tendem a preferir materiais com texturas para afiar suas unhas. Optar por tecidos lisos e com tramas fechadas, como suede, acqua-block e veludo, desencoraja o comportamento de arranhar, pois a experiência não é tão atraente para o gato.

Alguns tecidos são considerados “anti gatos”, devido à sua resistência e facilidade de limpeza, além de possuírem tramas fechadas. Veludo e sarja são exemplos desses modelos, eficazes para evitar arranhões. Consultar o fabricante para informações sobre a resistência do tecido é uma prática recomendada.

Cute funny British cat play near cat scratcher on living room
Arranhador é uma opção promissora para acabar com os arranhados no sofá (Foto: reprodução)

Introduza um Arranhador Adequado

Como essa é uma característica natural dos gatos, proporcionar um arranhador apropriado é essencial. Disponíveis em diversas opções, os arranhadores para gatos, encontrados em lojas especializadas, oferecem ao felino uma alternativa para satisfazer seu instinto natural. 

Ao utilizar um arranhador, o gato pode brincar e liberar o estresse, preservando os móveis da casa. É importante ensinar o gato a usar o arranhador, optando por modelos grandes, com base fixa, estrategicamente posicionados em áreas movimentadas da casa.

Uma estratégia eficiente é introduzir o arranhador quando o gato ainda é filhote. Se isso não for possível, brincar com o felino usando o arranhador, especialmente quando ele estiver no sofá, contribui para que se acostume a utilizar o acessório.

Utilize protetores de sofá

Se, mesmo com um arranhador, o gato persistir em arranhar o sofá, a aplicação de um protetor de sofá pode ser uma solução eficaz. Esses protetores, muitas vezes feitos de silicone ou materiais texturizados como juta, podem ser posicionados nas áreas específicas do sofá onde o gato costuma arranhar. 

Alguns modelos são elaborados com tecido próprio para arranhar, preservando os móveis enquanto proporcionam uma opção atraente para o gato. Essa abordagem ajuda a manter a integridade dos sofás e o bem-estar do felino.

Fonte: Seleções, adaptado pela equipe Cães e Gatos VET FOOD.

LEIA TAMBÉM:

Estudo indica que tamanho dos cães influencia saúde do animal

Patas curtas do gato Munchkin conquistam redes sociais

Pet com “tremedeira”: pode ser frio ou até mesmo intoxicação

Compartilhe este artigo agora no