Buscar na cães e gatos

Pesquisar
Close this search box.
- PUBLICIDADE -
Inovação e Mercado, Cursos e Eventos

Responsabilidade Técnica é tema de ciclo de palestras promovido pelo CRMV-SP

Por Equipe Cães&Gatos
responsável técnico
Por Equipe Cães&Gatos

O Conselho Regional de Medicina Veterinária do Estado de São Paulo (CRMV-SP), por meio de sua Comissão de Responsabilidade Técnica, realizará uma série de palestras, em formato digital, abordando as principais dúvidas sobre o tema.

O objetivo dos eventos, segundo a organização, é provocar reflexão e promover a conscientização profissional por meio de atualização de informações e espaço aberto às dúvidas enviadas pelos participantes durante as palestras.  Nesse sentido, a presidente da Comissão de Responsabilidade Técnica, tesoureira do CRMV-SP e idealizadora da programação, Rosemary Viola Bosch, reforça a relevância da interatividade proporcionada pelo formato digital.

“O conteúdo também estará à disposição para acesso posterior nas redes sociais e plataforma do CRMV-SP, no entanto, nada substitui a oportunidade da comunicação instantânea entre os participantes. Nossa meta é gerar um ambiente que proporcione aprendizado de maneira ágil e efetiva, um cenário onde todos serão beneficiados”, complementa.

Sobre a definição do conteúdo e escolha dos palestrantes, a presidente da Comissão diz que o evento foi planejado como a primeira etapa de uma agenda permanente de atividades. “Foram feitas análises prévias dos dados que refletem não apenas o nível de engajamento dos profissionais em relação à responsabilidade técnica, mas também a realidade atual imposta pelos fenômenos sociais e econômicos que influenciam, diretamente, a atuação profisisonal”, compartilha.

Para Rosemary, é importante ressaltar que o impacto do novo normal provocado pela pandemia também é uma oportunidade para refletir “não apenas sobre a necessidade de adaptação e resiliência, mas também compreender que a prática de valores como ética e respeito às leis e normas vigentes são a base para que qualquer inovação possa ser avaliada. Muitas coisas mudaram, exceto a obrigação de trabalharmos com responsabilidade”.

Ainda sobre o ciclo de palestras, Rosemary enfatiza que o mercado está crescendo de maneira exponencial, fato que traz maior visibilidade para médicos-veterinários e zootecnistas. Em contrapartida, também atrai o interesse de investidores que, muitas vezes, não têm formação na área e precisam de suporte técnico para oferecer serviços de excelência.

“Quando o profissional assume a Responsabilidade Técnica de um empreendimento ele está representando toda a classe e, por isso, é primordial que exista participação ativa em cada etapa dos processos desenvolvidos na empresa. Isso inclui, ainda, a habilidade de atuação multidisciplinar e multissetorial, nesse caso, os médicos-veterinários e zootecnistas serão a referência do que é correto fazer, demonstrando seu potencial e valorizando as classes”, declara.

Tradição

O presidente do CRMV-SP, Odemilson Donizete Mossero, lembra que a Comissão de Responsabilidade Técnica foi a primeira a ser criada pelo Regional e que, desde o início dos anos 90 analisa as demandas e necessidades do Conselho, propõe diretrizes para a regulamentação do RT, apresenta e revisa posicionamentos técnicos.

Mossero lembra que a Comissão está à frente da elaboração do Manual de Responsabilidade Técnica do CRMV-SP cuja revisão será compilada para publicação de uma quinta edição. “O manual é como uma bússola que nos direciona para uma atuação correta. Nosso trabalho exige muita dedicação porque hoje somos responsáveis não apenas pela saúde animal, mas também pela saúde pública e ambiental”.

Desde a posse, em agosto do ano passado, o presidente enfatiza que sua gestão marca o início de uma etapa de aproximação constante entre os membros do Conselho, os profissionais e a sociedade de um modo geral. Mossero diz que a pandemia trouxe limitações, no entanto, mostrou que é preciso atender as demandas locais e regionais.

“Estaremos mais próximos por meio de uma agenda extensa de atividades presenciais e digitais. Não há mais distâncias que atrapalhem nosso movimento pela construção de uma imagem respeitada das nossas profissões”. Diante dessa constatação, finaliza o presidente, “as palestras sobre Responsabilidade Técnica serão um importante alicerce nessa empreitada em que vamos sempre lembrar que não há mais espaço para amadorismo. Chegou nossa vez de sermos reconhecidos como profissionais responsáveis, éticos e prontos para desempenhar nosso papel na sociedade”.

Mercado está crescendo de maneira exponencial, fato que traz maior visibilidade para médicos-veterinários e zootecnistas (Foto: reprodução)

Programação

Graduada em Medicina Veterinária e Zootecnia pela USP, Rosemary Viola Bosch é professora convidada da disciplina de Ética e Deontologia e mantém sua proximidade com o Conselho desde 1993 quando já defendia a ênfase na importância de temas como a Responsabilidade Técnica. De lá para cá, diz a professora, “muita coisa mudou, evoluímos e sentimos o interesse dos acadêmicos pelas questões ligadas à prática responsável e ética das profissões”.

Mas é preciso avançar, diz a médica-veterinária, citando as áreas abordadas nesse primeiro momento pelos palestrantes. “Vamos ouvir ‘experts’ em suas respectivas áreas com ênfase na aplicabilidade da legislação e conduta profissional em setores mais tradicionais como atendimentos aos pequenos e grandes animais, passando pelas exigências da área de silvestres e o ambiente complexo da saúde pública, pesquisas, indústria farmacêutica, laboratórios e ensino. Temos certeza de que nesses encontros surgirão ‘insigths’ valiosos para nossa evolução como profissionais”.

Acompanhe a plataforma do CRMV-SP, acesse as redes socias do Conselho e participe das palestras com início previsto para 30 de março. A programação será iniciada sempre às 19h30 com abertura, seguirá com a palestra e será encerrada com espaço aberto para dúvidas e respostas. Os links para acesso ao evento e inscrição também serão divulgados pelos canais de comunicação do Conselho.

Confira as datas, temas e respectivos palestrantes:

30/03 Responsabilidade Técnica em Nutrição de Cães e Gatos – Carolina Padovani Pires

27/04 Responsabilidade Técnica na Clínica de Grandes Animais – César Graner

18/05 Responsabilidade Técnica em Saúde Pública – Adriana Maria Lopes Vieira

08/06 Responsabilidade Técnica na Clínica de Silvestres – Alessandro Ferraz Abdo Bijeni

29/06 Responsabilidade Técnica na Pesquisa Clínica Veterinária – Greyce Balthazar Lousana

20/07 Responsabilidade Técnica em Instituições de Ensino – Fábio Fernando Ribeiro Manhoso

17/08 Responsabilidade Técnica em Aquicultura – Agar Costa Alexandrino de Perez

14/09 Responsabilidade Técnica em Produtos de Origem Animal – Ricardo Moreira Calil

05/10 Responsabilidade Técnica na Indústria Farmacêutica – Mario Eduardo Pulga

26/10 Responsabilidade Técnica em Biotérios – Denise Isoldi Seabra

23/11 Responsabilidade Técnica em Laboratório de Patologia Clínica – Mitika K. Hagiwara

07/12 Responsabilidade Técnica na Clínica de Pequenos Animais – Regis César Santoro Patitucci

Fonte: CRMV-SP, adaptado pela equipe Cães&Gatos VET FOOD.

LEIA TAMBÉM:

Médica-veterinária atua na linha de frente da pandemia e revela como foi a experiência

Médico-veterinário explica como os tutores de gatos devem lidar com a gripe felina

Animais ameaçados de extinção perdem espaço para o gado e soja, no Cerrado e na Amazônia

Compartilhe este artigo agora no