Buscar na cães e gatos

Pesquisar
Close this search box.
- PUBLICIDADE -
Marketing e Produtos

Lançamento atende estágios iniciais da doença renal em gatos

Eficácia do alimento coadjuvante da PremieRpet foi comprovada por estudos
Por Equipe Cães&Gatos
Woman and a cat
Por Equipe Cães&Gatos

A PremieRpet apresenta um lançamento de destaque em sua linha de alimentos coadjuvantes: PremieR Nutrição Clínica Renal Gatos – Estágios Iniciais chega para complementar o portfólio e atender felinos com diagnóstico ou suspeita da Doença Renal Crônica (DRC) nos estágios 1 e 2.

- PUBLICIDADE -

Diferentemente do produto convencional para doença renal, que atende animais com a doença nos estágios mais avançados e envolve restrição mais severa de proteína e fósforo, o lançamento para estágios iniciais atua em uma etapa anterior, quando o diagnóstico é preliminar ou até mesmo incerto. É o momento em que a nutrição será fator decisivo para retardar o avanço da doença, conforme comprovam estudos clínicos.

“Inicialmente, a doença renal crônica em gatos é silenciosa, dificultando seu diagnóstico precoce e providências na rotina clínica. Nessa etapa, a doença só pode ser observada pelo médico-veterinário por meio de exames de sangue ou imagem, que costumam ser solicitados quando há alguma suspeita”, explica a médica-veterinária, doutora em Nutrição Clínica de Cães e Gatos e diretora Técnica do Centro de Desenvolvimento Nutricional da PremieRpet, Juliana Toloi Jeremias. 

É por isso que, segundo Juliana, a maior parte dos diagnósticos da DRC acontece quando a doença já está mais avançada, nos estágios 3 e 4, e estão presentes sintomas típicos como poliúria, vômitos, anorexia e perda de peso. “São os sintomas que levam o tutor a procurar o médico-veterinário, que identifica a doença, orienta o tratamento e prescreve um alimento coadjuvante que será utilizado por toda a vida do pet”, aponta.

Nova solução chega para apoiar os médicos-veterinários na rotina clínica (Foto: divulgação)

Cuidado precoce

Antecipar-se ao avanço da doença, detectá-la e, principalmente, agir quando ainda está no início são desafios quando se trata da DRC. E a solução nutricional da PremieRpet chega para apoiar os médicos-veterinários na rotina clínica.

“PremieR Nutrição Clínica Renal Gatos – Estágios Iniciais é ideal para o cuidado precoce com um importante diferencial: pode ser utilizado como alimento de manutenção com tranquilidade, mesmo quando a doença ainda é apenas uma suspeita, pois é completo, balanceado e atende todas as necessidades nutricionais do gato adulto”, esclarece Juliana.

Entre os principais benefícios do novo alimento estão o teor reduzido de fósforo, que auxilia na função renal e na prevenção do hiperparatireoidismo secundário renal; nível ótimo de proteína para manutenção da massa magra; EPA e DHA, que oferecem o efeito renoprotetor; além de fibras e um blend de prebióticos que auxiliam a saúde intestinal. O alimento também se destaca por oferecer ótima digestibilidade e palatabilidade, o que é essencial para a aceitação dos felinos. 

Eficácia comprovada

Com PremieR Nutrição Clínica Renal Gatos – Estágios Iniciais o médico-veterinário pode atuar no cuidado renal precoce com segurança, conforme comprovam estudos clínicos apresentados no 27° Congresso Anual da Sociedade Europeia de Nutrição Veterinária Comparada (ESVCN), que aconteceu de 7 a 9 de setembro de 2023, em Portugal.

O trabalho “Efeitos do Consumo em Longo Prazo de um Alimento Com Teor de Proteína Moderada e Baixo Fósforo em Gatos Com Doença Renal Crônica Estágios 1 e 2” foi desenvolvido pela equipe do Centro de Desenvolvimento Nutricional da PremieRpet em parceria com a equipe do CEPEN pet, da FMVZ/USP. 

A Dra. Juliana Jeremias foi uma das autoras, juntamente com o Prof. Dr. Márcio Antônio Brunetto, Prof. Dr. Thiago Vendramini, Dra. Cristiana F. Ferreira Pontieri, M.V. MSc Daniela P. Machado, M.V. MSc Raquel Silveira Pedreira e colaboradores.

O estudo avaliou por 330 dias os efeitos do novo alimento com teor moderado de proteína e baixo fósforo no controle sérico do fósforo, cálcio iônico e paratormônio em gatos saudáveis e com DRC nos estágios 1 e 2. 

“PremieR Nutrição Clínica Renal Gatos – Estágios Iniciais, contendo 8,7 g proteína e 120 mg fósforo/100 Kcal, foi testado e ficou comprovado que contribuiu para a manutenção do peso corporal, o não desenvolvimento do hiperparatireoidismo secundário renal, a hipercalcemia e a não progressão da doença. A conclusão é que pode ser indicado para gatos com DRC nos estágios 1 e 2”, resume Juliana.

A orange cat, a cute and adorable pet, cat is pictured indoors.
Novidade é ideal para o cuidado precoce (Foto: reprodução)

O alimento pode ser utilizado como produto de manutenção em caso de suspeita, ainda sem confirmação do diagnóstico da DRC. É contraindicado apenas para filhotes, gestantes/lactantes ou gatos com necessidade de restrição proteica e nos estágios mais avançados da doença. PremieR Nutrição Clínica Renal Gatos – Estágios Iniciais chega ao mercado na apresentação de 1,5kg.

Os produtos PremieRpet são vendidos exclusivamente no canal especializado, do qual fazem parte clínicas veterinárias e pet shops. 

Mais informações no site ou pelo PremieRpet Responde: 0800 055 6666 (de segunda a sexta das 8h30 às 17h30).

Fonte: AI, adaptado pela equipe Cães e Gatos VET FOOD.

LEIA TAMBÉM:

Nova onda de calor pode prejudicar a saúde dos pets

Luto: como lidar com as crianças ao perder um pet?

Serpentes: como sua visão afeta seu comportamento predatório?

Compartilhe este artigo agora no