in

Nova diretoria do CRMV-BA será escolhida em novembro, para triênio 2022-2025

Votos poderão ser eletrônicos, presenciais e por correspondência

Os médicos-veterinários e zootecnistas baianos poderão escolher a nova composição para a diretoria do Conselho Regional de Medicina Veterinária do Estado da Bahia (CRMV-BA). O primeiro turno da disputa está marcado para 08 de novembro, das 9h às 17h. Caso nenhuma das chapas inscritas atinja a maioria dos votos, haverá 2º turno, que será realizado em 06 de dezembro.

O edital de convocação para a eleição da nova gestão, composta por diretoria executiva, conselheiros efetivos e suplentes foi publicado no dia 09 de agosto. A chapa escolhida exercerá o mandato no triênio 2022-2025.

Os profissionais terão a possibilidade de realizar o voto nas modalidades eletrônicas, por meio desse site, presencialmente, na sede do CRMV-BA, e por correspondência.

O profissional que optar pela votação por correspondência tem até 09 de setembro para formalizar o interesse via e-mail [email protected].

Estão aptos a participar do processo eleitoral todos os médicos-veterinários e zootecnistas inscritos com registros primários no CRMV-BA, desde que estejam regulares com as obrigações e não tenham impedimentos administrativos ou judiciais.

As inscrições das chapas devem ser realizadas por meio de requerimento para registro de candidatura protocolado na sede do CRMV-BA, em dias úteis, das 9h às 12h e das 13 às 16h, até o dia 09 de setembro de 2021.

O edital completo de convocação está disponível no site do Conselho.

Fonte: AI, adaptado pela equipe Cães&Gatos VET FOOD.

LEIA TAMBÉM:

Médica-veterinária afirma: “LVC não é um atestado de óbito ao animal”

Cadela que auxiliou o Corpo de Bombeiros em Brumadinho (MG) se aposenta

Sopro cardíaco pode comprometer a qualidade de vida dos animais de companhia

(Foto: reprodução)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sopro cardíaco pode comprometer a qualidade de vida dos animais de companhia

matérias-primas pet food

Matérias-primas utilizadas no setor pet registram aumento no 1º trimestre