Buscar na cães e gatos

Pesquisar
Close this search box.
- PUBLICIDADE -
Marketing e Produtos

Nutrição sob medida colabora com a qualidade de vida de gatos com sensibilidades

Soluções nutricionais podem auxiliar pets com necessidades específicas e proporcionar bem-estar
Por Equipe Cães&Gatos
alimentacção
Por Equipe Cães&Gatos

Algumas sensibilidades comuns em felinos, como predisposição ao ganho de peso, apetite aparentemente insaciável, propensão à formação de bolas de pelo, predisposição à formação de tártaro, sensibilidade digestiva e questões relacionadas à saúde da pele e da pelagem podem gerar desconforto e, em alguns casos, até mesmo complicações à saúde.

Gatos ligeiramente acima do peso, por exemplo, têm um risco aumentado de problemas de saúde graves, como diabetes. Além disso, a pelagem do gato também reflete a condição de saúde geral do felino, e bolas de pelo podem causar desconforto e, até mesmo, dificuldade de defecação e obstruções intestinais. Outro ponto importante se refere à sensibilidade digestiva que, se agravada, pode causar problemas gastrointestinais recorrentes, resultando em desconforto e má absorção de nutrientes essenciais.

O primeiro passo para o tratamento é o tutor reconhecer essas sensibilidades. Se notado que o gato está ganhando peso, implorando por alimento, regurgitando bolas de pelo, apresentando sinais de desconforto digestivo ou fezes amolecidas ou pelagem opaca, é importante buscar orientação de um médico-veterinário para que o cuidado seja realizado desde o início.

“Compreender que os pets são únicos e possuem necessidades individuais é essencial para garantir que tenham uma vida saudável e longeva”, comenta a médica-veterinária e coordenadora de Comunicação Científica da Royal Canin Brasil, Letícia Tortola.

Segundo a profissional, a empresa está comprometida em ir além, não apenas oferecendo Saúde Através da Nutrição, mas também compartilhando conhecimento, para que os próprios tutores tenham condições de identificar os primeiros sinais de sensibilidades em seus pets, além de conscientizá-los sobre a importância das visitas regulares ao médico-veterinário”, complementa.

Se o tutor notar que o gato está ganhando peso, implorando por alimento, regurgitando bolas de pelo, apresentando sinais de desconforto digestivo ou fezes amolecidas, deve procurar um veterinário (Foto: reprodução)

A alimentação pode ter um papel importante para apoiar essas condições de saúde e colaborar com uma vida mais saudável aos gatos. Um alimento adequado e formulado para atender as necessidades nutricionais específicas de cada sensibilidade pode contribuir, inclusive, na redução dessas sensibilidades.

De acordo com Priscila Coelho, tutora de gatos e consumidora de alimentos Royal Canin, a experiência com o alimento Controle do Apetite foi acima do esperado.

“Meus gatinhos adoram tanto a ração úmida quanto a seca. Foi muito fácil a transição da antiga ração para a nova, e cito esse ponto, pois já tive dificuldade quando precisei trocar de ração. Apesar de ser super palatável, não fez com que os gatos pedissem o tempo todo, justamente o contrário. Senti que ficaram mais saciados e demoraram mais para pedir alimento. Pretendo agora manter essa linha para ter melhor controle do peso dos meus gatos”, conta.

Para ajudar os tutores com soluções alimentares especiais, a Royal Canin desenvolveu a Linha Nutrição Saúde para Sensibilidade de Gatos. O portfólio conta com produtos desenvolvidos a partir de pesquisas e possui resultados comprovados para auxiliar na manutenção da saúde, agindo nos primeiros sinais de sensibilidade dos felinos. A linha conta com alimentos especificamente formulados para as sensibilidades mais comumente encontradas: Pele & Pelagem, Cuidado Digestivo, Bolas de Pelo, Light, Controle do Apetite e Cuidado Dental, e são indicados para os gatos adultos de 1 até 12 anos, inclusive castrados. Além das versões secas, também conta com versões úmidas, com diferentes texturas, e são ótimas opções para o Mix Feeding, que combina alimentos úmidos e secos e torna a rotina alimentar do gato ainda mais saborosa e nutritiva.

Selo Carbono Neutro

Os produtos Royal Canin das linhas Filhotes de Gato e Cães e Sensibilidades de Gatos, são certificados com o selo Carbono Neutro e contribuem para a melhoria da ação climática global. A neutralidade de carbono de cada produto é certificada pela SCS Global Services, de acordo com a norma de neutralidade de carbono PAS 2060 reconhecida internacionalmente, seguindo os critérios de transição para energias renováveis; formulação de receitas otimizadas em termos de carbono; produção de ingredientes mais inteligentes do ponto de vista climático; otimização da logística; e aquisição de créditos de carbono baseados na sua eliminação. Para compreender e monitorar a pegada de carbono, a Royal Canin acompanha as emissões de gases de efeito estufa de cada item, desde a sua concepção até o momento em que o produto é consumido pelos pets e a respectiva embalagem é descartada.

Fonte: Royal Canin, adaptado pela equipe Cães e Gatos VET FOOD.

LEIA TAMBÉM:

Inteligência artificial é concorrente desleal para os médicos-veterinários?

Simpósio Brasileish conclui mais uma edição enriquecedora aos participantes

Veterinário lista benefícios de alimentação e petiscos naturais para os pets

NewsLetter

Cadastre-se agora e receba nossos boletins e atualizações em seu email. 

Integração
Captcha obrigatório
Seu e-mail foi cadastrado com sucesso!