Buscar na cães e gatos

Pesquisar
Close this search box.
- PUBLICIDADE -
Pets e Curiosidades

Pode dar banho no pet em casa? Especialista dá dicas

Cuidados são importantes para garantir a saúde e a segurança do animal
Por Equipe Cães&Gatos
Cat taking a bath
Por Equipe Cães&Gatos

Criar o hábito de dar banhos regulares em cães e gatos é também uma forma de garantir que o animal se mantenha saudável. Isso porque, além do mau cheiro, a sujeira pode ser prejudicial para a saúde deles e causar vários problemas dermatológicos. Contudo, também são necessários alguns cuidados para garantir que a limpeza seja feita de maneira correta e segura para o pet.

Segundo a médica-veterinária Cinthya Ugliara, o mais indicado é que os banhos sejam realizados em pet shop, com profissionais capacitados e materiais adequados. “Além disso, eles realizam a limpeza de ouvido e o corte de unha, e a escovação de pelos feita por um profissional é bem mais eficiente para remoção dos pelos mortos”, explica.

Bathing the cat
Intervalo recomendado para o banho de gatos, de acordo com Cinthya Ugliara, é de 30 dias (Foto: reprodução)

Frequência dos banhos: a frequência pode variar de acordo com a raça e o estilo de vida do animal. Porém, segundo a veterinária, é indicado que os cães tomem banho a cada 7 ou 15 dias. Os gatos, que são animais naturalmente higiênicos e se lambem para limpar os pelos, também devem tomar banho regularmente. Mas, ao contrário dos cães, o intervalo pode ser um pouco maior, isto é, a cada 30 dias.

Cuidados com o banho em casa: caso não seja possível levar o animal ao pet shop, o banho pode ser dado em casa pelo tutor. Contudo, alguns cuidados são essenciais para garantir a segurança do bichinho. A temperatura da água, por exemplo, deve ser de morna a fria. 

Além disso, Cinthya recomenda o uso de algodão hidrofóbo nos ouvidos do animal, para evitar que caia água nos condutos auditivos. “Caso não tenha este produto, colocar o chuveirinho bem acima da cabeça e tapar os ouvidos do pet”, orienta.

Produtos corretos para os pets: o xampu, condicionador e hidratante devem ser específicos para cães ou para gatos, de acordo com a raça e respeitando o tipo de pelo e pele. Inclusive, é importante ter cuidado para que os produtos não caiam nos olhos do cão ou gato. 

Em hipótese alguma, deve-se utilizar produtos de uso humano nos animais. “O pH da pele dos animais é diferente da pele dos humanos e o produto pode conter componentes que causam alergias ao pet”, afirma a veterinária.

happy redhaired ginger woman blowing dry the spitz dog hair wiping with a bath towel
Além das toalhas, o secador pode ser necessário seja para animais com pelagem curta ou longa (Foto: reprodução)

Secagem dos pelos de cães e gatos: a secagem dos pelos é outra etapa do banho que também merece atenção especial por parte do tutor. Deixar a pele e os pelos úmidos pode contribuir para a proliferação de bactérias e fungos que causam doenças dermatológicas. Por isso, além das toalhas, o uso de secador pode ser necessário mesmo para animais que têm a pelagem mais curta.

Fonte: Terra, adaptado pela equipe Cães e Gatos VET FOOD.

LEIA TAMBÉM:

Investigadores descobrem novos marcadores de doença renal em cães com erliquiose

CRMV-RJ repudia sedação de animais durante viagens

Canabidiol tem maior eficácia em pets quando associado a outros tratamentos

NewsLetter

Cadastre-se agora e receba nossos boletins e atualizações em seu email. 

Integração
Captcha obrigatório
Seu e-mail foi cadastrado com sucesso!