Buscar na cães e gatos

Pesquisar
Close this search box.
- PUBLICIDADE -
Pets e Curiosidades

Por que os gatos dão “mordidinhas” repentinas?

Comportamento pode estar associado a uma falha de comunicação
Por Equipe Cães&Gatos
Funny angry kitty biting the woman's finger
Por Equipe Cães&Gatos

Para quem tem um gatinho em casa, é normal ter as mãos marcadas por arranhões e mordidas. O bichinho chega todo dengoso para pedir carinho e, de repente, simplesmente morde o dono inesperadamente.

Esse comportamento, conforme explica a médica-veterinária Psiquiatra especializada em felinos, Larissa Runcos, é normal. De acordo com ela, tais situações muitas vezes ocorrem devido a falhas de comunicação entre os gatos e os humanos.

Assim como outros animais, os gatos também emitem diversos sinais para indicar seu estado de humor em determinados momentos. No entanto, eles costumam ser mais sutis do que os cães, por exemplo. 

Aggressive gray cat attacked the owner’s hand.
Também existem casos em que as mordidinhas podem ser feitas apenas como brincadeira (Foto: reprodução)

Dessa forma, a interpretação dessas “bandeiras vermelhas” exige um pouco mais de esforço. Pessoas que não percebem isso ou até mesmo decidem simplesmente ignorar acabam sendo vítimas das mordidas, que servem como um alerta utilizado pelo pet para expressar sua insatisfação com alguma coisa de forma muito mais enfática e direta.

Portanto, é essencial que o tutor aprenda a compreender seu melhor amigo e a ler os sinais que ele emite para, assim, evitar situações desagradáveis. 

Mas, não é motivo somente para preocupação. Também existem casos em que as mordidinhas podem ser feitas apenas como brincadeira, e tudo vai depender do contexto.

Funny adult gray cat prevents the freelancer from working at the laptop
Mordidas servem como um alerta utilizado pelo pet para expressar sua insatisfação (Foto: reprodução)

Larissa aponta para a importância de entender que os gatos não são animais bipolares, como a crença comum sugere. Eles são apenas mal interpretados pela maioria das pessoas. Quando o dono aprende a enxergar as emoções do bichinho, isso é um passo vital para construir uma relação melhor com ele.

Por fim, a profissional costuma abordar diversos assuntos sobre pets em suas redes sociais e revela que seu principal objetivo é trazer orientações simples e práticas para capacitar os tutores a cuidarem cada vez melhor de seus amigos de quatro patas.

Fonte: Capitalist, adaptado pela equipe Cães e Gatos VET FOOD.

LEIA TAMBÉM:

Cão é adotado e se torna parte de equipe hospitalar em SP

Pelagem semelhante à do leopardo é destaque do gato bengal

Cães e gatos “giram” antes de deitar por um motivo especial

NewsLetter

Cadastre-se agora e receba nossos boletins e atualizações em seu email. 

Integração
Captcha obrigatório
Seu e-mail foi cadastrado com sucesso!