Buscar na cães e gatos

Pesquisar
Close this search box.
- PUBLICIDADE -
Pets e Curiosidades

Pelagem semelhante à do leopardo é destaque do gato bengal

Espécie tem origem no cruzamento entre o gato doméstico e o leopardo asiático
Por Equipe Cães&Gatos
bengal cat in studio
Por Equipe Cães&Gatos

Também conhecido como gato-de-bengala, o felino da raça bengal é uma espécie única e fascinante. Ela surgiu nos Estados Unidos na década de 1960, fruto do cruzamento entre um gato doméstico e um leopardo asiático, chamado Prionailurus bengalensis.

- PUBLICIDADE -

No entanto, a raça que combina beleza exótica com uma personalidade cativante só foi reconhecida oficialmente pela Federação Internacional Felina em 1985. 

O diferencial desse gato é a pelagem macia e brilhante, com manchas ou rosetas semelhantes às de um leopardo, além de um corpo musculoso e magro. Quando filhote, os pelos são um pouco ásperos e amaciam com o passar do tempo. 

Sua pelagem pode variar em tons de marrom, laranja, cinza e até prateado, realçando suas características selvagens.

Em termos de tamanho e peso, eles são geralmente de porte médio a grande, pesando entre 4 e 7 quilos para as fêmeas e 5 a 8 quilos para os machos. Possuem uma estrutura física ágil e atlética, o que os torna excelentes escaladores e saltadores.

Quanto ao temperamento, os gatos dessa raça são animais muito ativos, inteligentes e curiosos. Eles adoram explorar e brincar; por isso, necessitam de estímulos físicos e mentais para se manterem felizes. 

Man holding bengal cat in hands
Afetuosos, podem desenvolver laços muito fortes com seus tutores, mas também têm uma natureza independente (Foto: reprodução)

Os cuidados com a alimentação são fundamentais para manter a saúde do bengal. Uma dieta de alta qualidade, com rações balanceadas, é importante para garantir todos os nutrientes necessários. Além disso, escovações regulares para manter a pelagem brilhante e prevenir emaranhados são indicadas.

Os felinos dessa raça, apesar de geralmente saudáveis, podem apresentar predisposição a algumas condições genéticas, como problemas cardíacos e doenças renais. Assim, consultas regulares ao veterinário são essenciais para garantir a boa saúde do animal.

A educação e a socialização do bengal desde filhote são fundamentais para direcionar sua energia de maneira positiva e ajudar a moldar seu comportamento. Eles convivem bem com crianças e outros animais, mas a socialização precoce é essencial a fim de garantir que se tornem gatos bem-educados e sociáveis.

Fonte: Tribuna PR, adaptado pela equipe Cães e Gatos VET FOOD.

LEIA TAMBÉM:

Veterinárias citam principais doenças infecciosas em cães e gatos recém-nascidos 

Enfeites, ceia e rojões: cuidado com seu pet 

Uso inadequado de produtos veterinários causa risco à saúde humana

Compartilhe este artigo agora no