in

Royal Canin reforça importância da prevenção de doenças do aparelho digestivo de pets

29 de maio é o Dia Mundial da Saúde Digestiva. Entenda o papel da nutrição para os animais

O dia 29 de maio foi instituído pela Organização Mundial de Gastroenterologia como o “Dia Mundial da Saúde Digestiva”. A ideia é mobilizar e orientar sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce de doenças do aparelho digestivo. A Royal Canin reforça o quão importante é o tutor estar alerta às sensibilidades digestivas de seus pets.

Gato ou cão com um sistema digestivo saudável tem um melhor aproveitamento dos nutrientes que recebe com a alimentação, além de contar com um reforço da imunidade – o que o torna mais resistente às condições digestivas adversas.

Alimentos úmidos na rotina de cães e gatos podem trazer inúmeros benefícios para a saúde digestiva. Sua grande quantidade de água promove aumento indireto da ingestão de hídrica e, com isso, uma maior diluição da urina. O alimento úmido específico para animais com sensibilidades digestivas possui alta digestibilidade, balanço ideal de fibras e prebióticos que contribuem diretamente para a saúde intestinal. Ele também torna a refeição muito mais atrativa, ao mesmo tempo em que promove uma ótima qualidade das fezes.

“A tolerância digestiva do animal a um determinado alimento é avaliada examinando a natureza de suas fezes. Os critérios utilizados para classificar a qualidade das fezes são, basicamente, o teor de umidade, consistência, volume, odor e coloração. Como regra geral, a baixa tolerância é demonstrada pelas fezes úmidas, amolecidas, volumosas, com odor e cor anormais”, explica a coordenadora de Comunicação Científica da Royal Canin Brasil, Priscila Rizelo.

Ficar atento às fezes dos animais é um dos principais conselhos dos médicos-veterinários aos tutores. Os gatos, especificamente, podem apresentar sinais de que algo está errado em relação ao trato digestivo quando apresentam sintomas como a perda do apetite, regurgitação ou vômitos, diarreia ou constipação, esforço para se alimentar, perda de peso e abdômen dolorido.

alimento úmido
Alimentos úmidos na rotina de cães e gatos podem trazer inúmeros benefícios para a saúde digestiva (Foto: reprodução)

A influência do alimento.

Qualquer excesso ou restrição de nutrientes oferecidos diariamente para pets podem ocasionar o desequilíbrio entre os microrganismos benéficos ou patogênicos no intestino. A nutrição pode auxiliar a restabelecer o equilíbrio da microbiota intestinal em diversos casos. Para isso, um alimento com fibras solúveis e insolúveis, proteínas de altíssima assimilação e ácidos graxos ômega 3 (EPA e DHA) são fundamentais para manter a funcionalidade do trato gastrointestinal.

O trato digestivo do pet é um sistema sensível e complexo que precisa do cuidado certo para se manter saudável e eficaz. O aconselhamento do médico-veterinário de confiança é a melhor maneira de garantir o bem-estar digestivo a gatos e cães.

Os alimentos da Royal Canin são formulados com nutrientes cuidadosamente selecionados e equilibrados, com a finalidade de criar um perfil nutricional que promova a manutenção do microbioma intestinal, gerando saúde, bem-estar e longevidade para gatos e cães.

Fonte: AI, adaptado pela equipe Cães&Gatos VET FOOD.

LEIA TAMBÉM:

Entender o processo de luto dos animais demanda paciência e atendimento especializado

CRMV-SP alerta para a importância do diagnóstico precoce de glaucoma e catarata

Raiva ainda é uma zoonose que deve estar no radar de órgãos de governo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

carta WSAVA

WSAVA divulga carta de bem-estar animal a instituições e veterinários

Ampara Store

Ampara Animal cria grife própria para alavancar projetos em prol dos animais