in

Royal Canin traz ao Brasil novo alimento para pets com hipersensibilidade alimentar

Produto chega para auxiliar casos complexos de sensibilidades alimentares em cães e gatos

Investindo constantemente em pesquisas para identificar as diferentes necessidades dos pets e lançar alimentos que contribuem com sua qualidade de vida, saúde e bem-estar, a Royal Canin sempre elabora alimentos diferenciados que atendam as características de diferentes pets. Reforçando esse compromisso, a marca traz ao Brasil a linha Anallergenic, que traz uma abordagem nutricional inovadora para auxiliar no diagnóstico e suporte de gatos e cães com reações adversas aos alimentos.

Anallergenic chega para complementar o portfólio da Linha de Nutrição Veterinária Dermatológica da Royal Canin, que já conta com os alimentos da linha Hypoallergenic para gatos e cães e linha Skin Care para cães. O lançamento, que possui versão para ambas as espécies, possui como fonte a proteína extensamente hidrolisada de baixo peso molecular como grande diferencial, reduzindo drasticamente as chances de causar alergia nos pets.

Sua fórmula foi desenvolvida especificamente para auxiliar no suporte no diagnóstico de hipersensibilidades alimentares e para casos complexos de reações adversas aos alimentos. “O sistema imunológico dos animais funciona como uma barreira de proteção, inclusive para possíveis agressores externos. Casos complexos de alergias alimentares podem causar uma reação diferente às proteínas presentes em determinadas dietas, desencadeando sintomas que podem prejudicar o bem-estar e qualidade de vida dos pets, como coceiras, vermelhidão na pele e, em alguns casos, até alterações nas fezes e vômitos”, explica a médica-veterinária e coordenadora de Comunicação Científica da Royal Canin Brasil, Larissa Lima.

O lançamento Anallergenic já está disponível para compra em todo o Brasil, exclusivamente por e-commerce (Foto: reprodução)

Proteína extensamente hidrolisada

Muitos animais desenvolvem a alergia alimentar, principalmente, devido à fonte de proteína de um alimento, por isso, a utilização de uma proteína extensamente hidrolisada é importante para minimizar as chances de reação, uma vez que neste processo, a proteína é reduzida em tamanho menores para que não seja reconhecida pelo sistema imunológico do gato ou cão. No alimento Anallergenic encontramos uma fonte de proteína contendo aminoácidos exclusivamente livres e proteínas de peso molecular muito baixo, o que reduz ainda mais o potencial alergênico do alimento.

As dietas com proteínas hidrolisadas oferecem a enorme vantagem de serem muito práticas de utilizar, facilmente disponíveis e acessíveis. As proteínas hidrolisadas oferecem a vantagem adicional de serem altamente digeríveis, o que ajuda nos sinais digestivos e oferece a possibilidade de mudar para essas dietas sem um período de transição, se necessário.

O alimento Anallergenic chega para ampliar o portfólio da marca para atender adultos que apresentam sensibilidades alimentares em casos complexos e refratários com alterações dermatológicas e/ou gastrointestinais; para o diagnóstico de sensibilidades ou alergias alimentares e diagnóstico de exclusão de dermatite atópica e para casos de dermatite atópica associada à alergia alimentar.

Além disso, toda a fórmula de Anallergenic foi pensada para garantir um alimento seguro e de qualidade para pets com alergia alimentar. Sua fonte de carboidrato é de amido purificado, reduzindo ainda mais o potencial alergênico.

Outro diferencial também está no processo rigoroso de higienização e controle de qualidade. Toda a linha de produção deste alimento é higienizada para evitar problemas de contaminação e garantir um processo seguro sem presença de alérgenos.

Como diagnosticar alergias alimentares?

O diagnóstico de hipersensibilidade alimentar é desafiador, sendo o teste alimentar o mais recomendado, sendo o teste alimentar o mais recomendado. É de fácil aplicação, porém requer comprometimento de todos que convivem com o pet juntamente do médico-veterinário para um melhor resultado.

O novo alimento Anallergenic da Royal Canin pode ser utilizado para auxiliar no diagnóstico de hipersensibilidades alimentares junto do acompanhamento do médico-veterinário. O período mais frequentemente recomendado é seguir a dieta de eliminação por, pelo menos, de três a oito semanas e, caso os problemas ou intolerância alimentar desapareçam confirmando o diagnóstico, a dieta poderá ser utilizada durante toda a vida do animal.

“O objetivo da dieta de eliminação é fornecer alimentos aos quais o animal não foi exposto antes. A ideia é limitar estritamente as fontes de proteínas e carboidratos na dieta por um período específico, alimentando o pet com ingredientes que nunca foram introduzidos anteriormente e/ou de baixo potencial alergênicos, como a proteína hidrolisada”, explica Larissa.

Durante a dieta restritiva, é imprescindível suspender qualquer outro tipo de alimento que eventualmente seja fornecido como adicional pelo tutor, como petiscos ou sobras de alimentos humanos. O manejo alimentar deve ser conduzido com rigor e todas as pessoas que convivem com o animal devem estar cientes de sua importância.

“O Anallergenic é um alimento já bem estabelecido em outros países há mais de dez anos e com sua chegada ao Brasil, a Royal Canin inicia um novo capítulo em sua história, trazendo mais uma solução dentro do seu portfólio que leva saúde através da nutrição para os pets” finaliza Larissa.

O lançamento Anallergenic já está disponível para compra em todo o Brasil, exclusivamente por e-commerce, lembrando que o ideal é que o consumo seja prescrito pelo veterinário do animal.

Fonte: AI, adaptado pela equipe Cães&Gatos VET FOOD.

LEIA TAMBÉM:

Falta de políticas públicas contribui para número de animais abandonados no Brasil

CRMV-SP passa a realizar evento único para premiação de veterinários e zootecnistas

Câncer de pele em pets: como prevenir, tratar e saber a hora certa para a eutanásia?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

segundo lugar

MSD Saúde Animal é premiada pelo “POPAI Brasil”, conhecido como o Oscar do Varejo

faculdade

Novo projeto do CRMV-SP visita faculdades de Medicina Veterinária e Zootecnia