in

Special Dog Company alinha ações com o meio ambiente para um futuro mais sustentável

Compromissos e metas ambiciosas na gestão hídrica e de resíduos sólidos são fundamentais para a estratégia de sustentabilidade no mercado pet

A Special Dog Company completou 21 anos e aproveitou para reforçar a importância de suas metas voltadas às práticas de ESG, agora de forma transversal na organização. Por meio do programa MAIS Sustentável, a companhia materializou nesta ação sua vocação de exercer um capitalismo consciente e a missão de buscar o desenvolvimento de boas práticas relacionadas aos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), da Organização das Nações Unidas (ONU). 

Para João Paulo Figueira, Gerente de Desenvolvimento Sustentável da Special Dog Company, o sucesso até aqui é fruto do comprometimento de todos para que os valores da empresa sejam praticados. “Almejamos a excelência nas relações por meio do compartilhamento de valores, e o Mais Sustentável vem para garantir que esta jornada seja perene e cada vez mais ambiciosa na busca pelas necessárias transformações”, revela. 

O Projeto Arte Circular transforma uniformes usados na fábrica em artigos do universo pet (Foto: reprodução)

O programa MAIS Sustentável é composto por quatro pilares: Meio Ambiente, Animais, Indivíduos e Sociedade. Nesse pilar, a aspiração da companhia é desenvolver soluções inovadoras que minimizem os impactos ambientais das atividades, consumindo recursos de forma consciente e reduzindo a geração de resíduos e as emissões de gases do efeito estufa. 

Um importante sinal do comprometimento com essa agenda é a recente adesão da Special Dog Company ao “Movimento +Água”, da Rede Brasil do Pacto Global e parceiros. A empresa assume o compromisso de, até 2030, reduzir em 50% a captação de águas superficiais e subterrâneas e de promover e apoiar o reflorestamento de 50% das áreas críticas que auxiliam na produção natural de água.  “Nos comprometemos em reconhecer a urgência e diferenciar a relevância de ações concretas em busca da resiliência hídrica em nossas operações e serviços e pela proteção das bacias hidrográficas onde estamos inseridos”, conta João Paulo Figueira. Atualmente, 35% da água utilizada na fábrica da Special Dog Company, em Santa Cruz do Rio Pardo (SP), provém de fontes alternativas. 

Além da gestão hídrica, a Special Dog Company também concentra esforços na gestão de resíduos sólidos. Com um índice de reciclabilidade acima de 99%, a empresa caminha para se tornar, até o fim de 2023, uma empresa “Aterro Zero”, quando todo o resíduo gerado será reutilizado ou reciclado. Entre as outras iniciativas promovidas na sede da companhia estão o Programa Ecolojista, voltado à logística reversa e reciclagem de embalagens plásticas pós-consumo dos produtos da empresa; o Projeto Arte Circular, que transforma uniformes usados na fábrica em artigos do universo pet; e a Campanha “Não Pilhe. Recicle”, de reciclagem de pilhas e baterias. 

Para saber mais sobre a Special Dog Company acesse o site e para conhecer sobre o programa MAIS Sustentável, visite o portal sobre sustentabilidade. 

Fonte: A.I, adaptado pela equipe Cães&Gatos VET FOOD.

LEIA TAMBÉM: 

Profissional comenta importância da atuação de zootecnistas no mercado pet 

Conselho Regional de Medicina Veterinária-CE alerta sobre a extinção de animais no Ceará 

Veterinária explica a ocorrência de hiperplasias mamárias em gatas castradas 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

gato filhote

Após sucesso com alimento destinado para cães, PremieRpet lança PremieR Nattu Gatos

gato comendo

PremieRpet patrocina o 41º. Congresso Brasileiro da Anclivepa em Maceió (AL)