in

Tirar um tempo para estar próximo à natureza pode fazer bem para a saúde mental

Se dedicar a ter esses momentos de descanso ajuda no tratamento de transtornos psicológicos

De vez em quando, a maioria das pessoas precisa de um tempinho para se isolar e entrar em contato com a natureza para se recompor. As opções são muitas: praia, montanhas ou só uma casa mais isolada, longe da correria da cidade. Mas todas essas trazem benefícios para a saúde mental, de acordo com diversos estudos publicados.

Dados da Organização Mundial da Saúde (OMS) mostraram que, em 2017, mais de 18 milhões de brasileiros sofriam de ansiedade. Além disso, uma pesquisa do instituto Ipsos, cedida à BBC News Brasil, divulgou que 53% dos brasileiros declarou que o bem-estar mental piorou um pouco ou muito em 2020, por conta da pandemia por Covid-19. Ainda, segundo o Conselho Federal de Medicina Veterinária (CFMV), dados do Sistema Único de Saúde (SUS), a classe médica-veterinária apresenta maior risco de suicídio no País, frente à população geral, tendo taxa 10,6 para 1, por conta, principalmente, de síndrome de Burnout e fadiga por compaixão, o que mostra a importância de olhar para alternativas que ajudem a enfrentar esses problemas.

A psicoterapeuta integrativa, Bianca Panvequi Liberati, comenta que desfrutar de momentos na natureza pode ser benéfico para a saúde do ser humano, pois o contato com a natureza faz com que reorganizemos nossos sentimentos e sensações do nosso sistema hormonal e cognitivo. Ela ajuda na produção do hormônio do prazer, a serotonina. “Também pode ser uma aliada no combate ao estresse, pois corta o fluxo de vibração e conexão neural do problema e, por isso, consequentemente, não é produzido o hormônio do estresse”, afirma.

A psicoterapeuta menciona que muitos brasileiros sofrem com transtornos psicológicos. Com a pandemia, os números cresceram. Se dedicar a ter alguns momentos na natureza pode ajudar no tratamento desses problemas. “Isso porque cria motivação. A natureza pode ser uma ferramenta para ajudar no cuidado a problemas de saúde”, salienta.

Leia a reportagem completa na edição de outubro da C&G VF. Acesse aqui.

Fonte: Redação Cães&Gatos VET FOOD.

LEIA TAMBÉM:

Incidentes recentes com animais em voos domésticos ligam alerta dos tutores

Artigo lembra: trato gastrointestinal saudável, pet saudável

Graduandos apresentam propostas para participação do CRMV-SP no projeto Puraa

(Foto: C&G VF)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

uso de animais em pesquisa

CRMV-SP apoia evento sobre uso de animais em pesquisa clínica veterinária

atendimento cães

II Consenso Brasileiro de Mastocitoma em Cães unifica a conduta dos médicos-veterinários